Sp. Covilhã-Leixões, 2-3: Equipa de Matosinhos impõe primeira derrota ao líder

Golo da vitória dos visitantes foi marcado nos descontos

• Foto: Instagram

O Sporting da Covilhã sofreu este domingo a primeira derrota na 2.ª Liga, à quinta jornada, ao perder em casa com o Leixões por 3-2, sendo igualado na liderança pelo Farense.

Os cinco golos foram marcados na segunda metade e João Graça fixou o resultado final, aos 90+2 minutos, quando os 'leões da serra' estavam a jogar em inferioridade numérica.

Os serranos, que somavam por vitórias os quatro jogos disputados, e o emblema de Matosinhos, na segunda metade da tabela, apenas com uma vitória, entraram em campo cautelosos e ambos preferiram não correr riscos.

A formação orientada por Carlos Pinto entrou melhor, mas as ocasiões de golo na primeira parte foram protagonizadas pelos 'leões da serra'.

Ao minuto 25, Adriano Castanheira obrigou Stefanovic a intervir e, na recarga, Kukula, com a baliza à mercê, foi perdulário, e, aos 31, em resposta a um canto batido por Gilberto, Kukula cabeceou por cima.

Já perto do descanso, um remate de fora da área de Mica Silva desviou em Vítor Bruno e a bola passou rente ao poste. No primeiro minuto dos descontos Adriano Castanheira obrigou Stefanovic a uma defesa apertada.

O reatamento começou com o Leixões a inaugurar o marcador, por André Claro (47 minutos), acabado de entrar em campo e depois de um ressalto feliz.

O golo tornou o jogo aberto, mais dinâmico e o Sporting da Covilhã chegou à igualdade por Deivison (60 minutos), assistido por Bonani, mas o emblema de Matosinhos voltou a ganhar vantagem aos 67, num lance com muita gente na área, onde João Pedro, Brendon e Bura saltaram e a bola entrou, com o central a festejar.

Os locais voltaram a reagir e Adriano Castanheira, que no início da partida recebeu o troféu de melhor jogador de agosto da II Liga, rematou de primeira de fora da área, em arco, e repôs a igualdade, aos 73 minutos.

Os serranos ficaram reduzidos a 10 jogadores depois da expulsão de Deivison, por acumulação de cartões amarelos, aos 86 minutos, e, já nos descontos, aos 90+2, João Graça, outro jogador saído do banco, selou o triunfo do 'onze' de Matosinhos.

No minuto seguinte, os 'leões da serra' reclamaram grande penalidade sobre Kukula, mas o árbitro João Pinto nada assinalou.

Jogo no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Sporting da Covilhã-Leixões, 2-3.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, André Claro, 47 minutos.

1-1, Deivison, 60.

1-2, Burra, 67.

2-2, Adriano, 73.

2-3, João Graça, 90+2.

Equipas:

- Sporting da Covilhã: Carlos Henrique, Tiago Moreira, Brendon, Zarabi, Soares (Joel Vital, 78), Gilberto, Mica Silva, Adriano, Jean Batista (Deivison, 56), Bonani (Leandro Pimenta, 90) e Kukula.

(Suplentes: Igor Araújo, Deivison, Leandro Pimenta, Santiago da Silva, Joel Vital, Jaime Simões e Daffé).

Treinador: Filó.

- Leixões: Stefanovic, Rui Silva, Bura, João Pedro, Vítor Bruno (Junior Sena, 71), Amine, Luís Silva, Poloni, Braga, Rodrigues (André Claro, 46) e Harramiz.

(Suplentes: Fábio Matos, Pana, Junior Sena, Pedro Pinto, André Claro, Graça e Yoshi).

Treinador: Carlos Pinto.

Árbitro: João Malheiro Pinto (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Harramiz (18), Adriano (54), Deividson (58 e 86), Rui Silva (64), Zarabi (65), Kukula (82) e João Graça (90+5). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Deivison (86).

Assistência: Cerca de 1.500 espetadores.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.