Tiago Almeida: «Foi bom vencer o Leixões, mas agora é preciso derrotar o V. Guimarães B»

Extremo até é sócio dos vimaranenses mas quer voltar às vitórias na Ribeira Brava frente aos minhotos

Foi um dos reforços de Inverno do União e pegou de estaca na equipa de Ricardo Chéu. Tiago Almeida conquistou um lugar no onze dos madeirenses e mostra-se bastante satisfeito com a sua integração no clube.

"Foi positivo ter vindo para o União. Já conhecia o treinador e a equipa é fácil de integrar, pois o grupo é todo com um bom espírito. Quero ajudar a equipa a sair de uma luta que não é nossa. Estamos a trabalhar para isso e vamos consegui-lo o mais rápido possível", começou por afirmar.

Questionado qual seria o problema para os resultados menos conseguidos e que atiraram a equipa para lugares mais desconfortáveis na classificação, o extremo de 27 anos, foi direto: "Antes de chegar ao União vi alguns jogos da equipa. Acho que o problema do União nunca foi com as equipas mais fortes mas sim as que estão piores classificadas. Se calhar a concentração não foi a máxima, pois o trabalho feito pela equipa técnica é muito bom, passando as análises aos jogos e o que temos de fazer no relvado. Tem partir de nós entrar bem no jogo.

Contra o Leixões fizemos uma partida fabulosa, pois na primeira parte fomos muito melhores do que eles. Depois, no segundo tempo, mesmo com o apoio dos adeptos deles, não me lembro de mais do que duas oportunidades que eles tiveram. Nós também criámos mais algumas e penso que esta vitória é bem merecida para o grupo de trabalho e para os nossos adeptos". Feliz pelo triunfo conseguido com os leixonenses, deixa o alerta: "A vitória com o Leixões foi boa mas só tem consequência se fizermos mais 3 pontos agora na próxima jornada contra o V. Guimarães B".

Para este futebolista, a próxima partida é importante também para apagar a derrota sofrida na Ribeira Brava frente ao conjunto dos Açores. "Acho que o maior adversário que podemos apanhar nesta altura é somos nós, pois tudo depende do que conseguimos fazer. Temos de manter o nível exibicional que tivemos na última jornada para poder apagar a má imagem que deixámos frente ao Santa Clara perante os nossos adeptos. Foi um percalço e acredito que agora vamos com tudo e com uma atitude bem diferente", disse.

Carinho especial por Guimarães

O unionista já passou pela cidade berço, onde vestiu as cores vimaranenses durante duas temporadas. Mas as amizades e os amigos, agora, são para esquecer, pois está a jogar em outro emblema: "Guimarães é uma cidade e um clube por quem tenho muito carinho e todos me trataram super bem. Sou adepto e sócio do Guimarães mas sou profissional e quero ganhar pois agora estou no União. Eles são uma boa equipa e que vem para jogar, o que nos vai ajudar também em termos do nosso futebol".

Por João Manuel Fernandes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas