U. Madeira-Académica, 2-1: Briosa perde e atrasa-se na luta pela subida

Madeirenses marcaram os dois tentos ainda na primeira parte

• Foto: Hélder Santos
O U. Madeira venceu este sábado a Académica por 2-1, em partida relativa à 26.ª jornada da 2.ª Liga, disputada na Ribeira Brava.

Com dois golos na primeira parte, por dois jogadores que se estrearam a marcar pelo conjunto madeirense, Sérgio Marakis e Kusunga, contra o sexto golo na prova de Rui Miguel, o U. Madeira deu mais um passo em frente rumo à tranquilidade. Por seu turno, a Académica deu um passo atrás na sua luta pela subida.

A Académica entrou melhor, com grande pendor ofensivo. Aos oito minutos, Traquina, na cobrança de um livre, fez a bola sair junto ao poste.

Aos 15 minutos, foi um defesa da casa a antecipar-se a Rui Miguel, enviando a bola à malha lateral. O U. Madeira responderia a este assédio inicial, aos 18 minutos, após uma recuperação de Gian, que lançou rapidamente Luís Carlos, que, bem posicionado, não definiu bem e o lance perdeu-se.

O U. Madeira começou a ganhar ascendente e, aos 25 minutos, Luís Carlos obrigou Ricardo Ribeiro a uma defesa apertada. Contudo, no minuto seguinte, o guardião da Académica foi impotente para travar um potente remate de Sérgio Marakis, assistido por Flávio Silva.

A Académica procurou responder e, aos 29 minutos, Kaká rematou com muito perigo. Todavia, era agora o conjunto madeirense o mais contundente e, aos 38 minutos, Rodrigo Henrique centrou e o central Kusunga surgiu de rompante a ampliar a vantagem.

A perder ao intervalo, Costinha arriscou tudo, retirando o lateral direito Maxwell e o médio Jimmy e lançando Leandro Silva e Diogo Ribeiro, com Traquina a recuar para a direita da sua defesa.

A equipa ganhou maior ascendente ofensivo, remetendo o U. Madeira para o seu meio campo. Aos 53 minutos, Diogo Ribeiro cabeceou à malha lateral.

A Académica efetuava sucessivas vagas de ataque e, aos 73 minutos, Leandro Silva propiciou a Nilson uma grande defesa.

A pressão exercida acabou por ter os seus frutos, quando, aos 88 minutos, o árbitro entendeu ser passível de penálti uma disputa entre Rúben Lima e Diogo Ribeiro.

Na conversão do castigo máximo, Rui Miguel viu Nilson desviar para o poste, mas, na recarga, o mesmo Rui Miguel não perdoou e reduziu. Nos descontos, Roniel numa grande iniciativa individual, enviou a bola ao poste.

Jogo no estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava.

U. Madeira - Académica, 2-1

Ao intervalo: 2-0

Marcadores:

1-0, Sérgio Marakis, 26 minutos.

2-0, Kusunga, 38'.

2-1, Rui Miguel, 88'.

Equipas:

- U. Madeira: Nilson, Tiago Moreira, Jaime Simões, Kusunga, Rúben Lima, Sérgio Marakis, Gian, Rodrigo Henrique (Roniel, 78'), Flávio Silva (Tiago Ferreira, 89'), Luís Carlos (Nduwarugira, 59') e Kwame N'sor.

(Suplentes: Tony, Tiago Ferreira, Roniel, Cédric, Nduwarugira, Mica e Luan).

Treinador: Jorge Casquilha.

- Académica: Ricardo Ribeiro, Maxwell (Diogo Ribeiro, 46'), João Real, Diogo Coelho, Nuno Santos, Makonda, Jimmy (Leandro Silva, 46'), Kaká, Ki (Leandro Cardoso, 70'), Traquina e Rui Miguel.

(Suplentes: José Costa, Tom Tavares, Correia, Leandro Cardoso, Leandro Silva, Yuri Matias e Diogo Ribeiro).

Treinador: Costinha.

Árbitro: Jorge Ferreira (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gian (34'), Nduwarugira (65'), Nilson (67'), Makonda (84') e Kaká (85').

Assistência: Cerca de 2.000 espetadores.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas