U. Madeira-Gil Vicente, 0-0: Empate mantém equipas na zona de despromoção

Jogo equilibrado com várias oportunidades de golo

Luan Santos (U. Madeira) desperdiçou um penálti
• Foto: Hélder Santos

União da Madeira e Gil Vicente empataram este domingo 0-0, em jogo da 23.ª jornada da 2ª Liga, disputado no estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava, mantendo as equipas na zona de despromoção. O União da Madeira é 16.º classificado, apenas com mais um ponto do que o Gil Vicente, 17.º lugar.

Num jogo, marcado pelo equilíbrio, o momento determinante teve lugar aos 52 minutos, quando Luan Santos, do União, na marcação de um penálti, rematou ao poste. O Gil Vicente somou a 12.ª partida consecutiva sem vencer, com seis derrotas e seis empates.

Nos primeiros momentos, ambas as equipas dispuseram de oportunidades para marcar. Logo aos três minutos, Alhassane Syla surgiu isolado, bem lançado por André Carvalhas, mas desequilibrou-se e o lance perdeu-se. Na resposta, Jonathan rematou junto à barra.

Os madeirenses voltaram a criar perigo, aos 22 minutos, com Luan Santos a rematar para uma boa intervenção de Rui Sacramento.

O jogo manteve-se dividido e aos 31 minutos, Jonathan obrigou o guarda-redes do União a uma defesa de recurso. Já em período de compensações, o Gil Vicente esteve novamente muito perto do golo, com James Arthur a rematar forte, mas junto ao poste.

A segunda parte foi mais intensa e movimentada. Aos 52 minutos, o árbitro apontou para a marca de grande penalidade, punindo uma mão de Luíz Eduardo após um remate de André Carvalhas. Na marcação da mesma, Luan Santos rematou ao poste.

Os insulares não acusaram a grande oportunidade perdida e mantiveram a pressão. Aos 57 minutos, Alhassane Syla surgiu bem posicionado, mas rematou ao lado. Pouco depois, André Carvalhas obrigou Rui Sacramento a uma grande intervenção.

O União da Madeira era a equipa que detinha o domínio do jogo e aos 75 minutos, Betinho rematou com intenção, mas a bola saiu sobe a barra, o mesmo sucedendo a Luan Santos poucos minutos depois.

Contudo, aos 89 minutos, o Gil Vicente, na marcação de um livre, por Frederic, esteve perto de marcar, mas José Chastre com uma grande defesa, evitou males maiores para a sua equipa.

O guarda-redes do União da Madeira voltou a estar em evidência, em período de compensações, ao negar o golo a Miguel Abreu.

Jogo no estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava

União da Madeira - Gil Vicente, 0-0

Equipas:

U. Madeira: José Chastre, Tiago Moreira (Júnior Sena, 82'), Miguel Lourenço, Allef Nunes, Laércio, Cristophe Nduwarugira, Pathé Ciss, Alhassane Sylla (Peterson 66'), Tiago Almeida, André Carvalhas (Betinho, 66') e Luan Santos.

(Suplentes: Raví Paschoa, Betinho, Bruno de Morais, Nestor Mendy, Peterson, Júnior Sena e Flávio Silva).

Treinador: Ricardo Chéu.

Gil Vicente: Rui Sacramento, Gabriel, Sandro, Luíz Eduardo, Gonçalo Abreu, Kódjo, James Arthur (Miguel Abreu, 82), Jonathan (Ricardinho, 90+4'), Aldaír, Frederic e Dimba (João Vasco, 64').

(Suplentes: Rafa Pires, Miguel Abreu, Rui Faria, João Vasco, Ricardinho, André Fontes e Alioune Fall).

Treinador: Paulo Alves.

Árbitro: Bruno Rebocho (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Kodjo (41'), Miguel Lourenço (45+2'), Peterson (88') e Rui Sacramento (90+3').

Assistência: Cerca de 700 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.