Record

V. Guimarães B-Penafiel, 1-1: Penafideleneses atrasam-se na luta pelos lugares cimeiros

Empate em Guimarães complica as contas

Oscar Estupiñán
• Foto: Simão Freitas
O Vitória de Guimarães B impôs esta quarta-feira em casa um empate ao Penafiel, em jogo da 33.ª jornada da 2ª Liga, que pode atrasar os penafidelenses na luta pelos lugares cimeiros.

O empate, com golos na segunda parte, deixou o Penafiel, com mais um jogo, no terceiro lugar, com os mesmos pontos de Santa Clara e mais um do que Arouca, que ainda se defrontam nesta jornada.

Após supremacia total na primeira parte, o Guimarães B, 10.º classificado, com 46 pontos, adiantou-se aos 54 minutos, por Óscar Estupiñán, mas o Penafiel, empatou aos 56 por Ludovic e, nos 90 minutos, só não virou o resultado, porque Fábio Fortes, com a baliza quase aberta, atirou para as mãos de Miguel Oliveira.

A partida arrancou com domínio vimaranense, que se prolongou até ao intervalo, com a formação penafidelense a sentir dificuldades para bloquear a circulação de bola do adversário e sair do seu meio-campo rumo à baliza contrária.

Os vitorianos traduziram pela primeira vez o ascendente em perigo aos 11 minutos, quando Marcos Valente e, depois, David Luís falharam por milímetros a emenda para a baliza, após livre de Castro, e voltaram a aproximar-se do golo em remates de Hélder Ferreira, travado por Ivo Gonçalves, aos 16, e de Haashim Domingo, intercetado por Luís Pedro, aos 31.

A turma minhota só chegou à vantagem após o reatamento, numa fase em que o Penafiel já se mostrava mais ofensivo, com Haashim Domingo a isolar Oscar Estupiñán com um bom gesto técnico, e o colombiano, melhor marcador vitoriano no campeonato, a disparar rasteiro para o seu nono golo.

A resposta duriense foi imediata e certeira: dois minutos volvidos, Fábio Abreu isolou Ludovic com um desvio de cabeça após pontapé longo, e o extremo colocou a bola por entre as pernas de Miguel Oliveira, repondo a igualdade.

O Vitória retomou o domínio nos minutos seguintes e quase fez o segundo golo aos 67 minutos, num remate de David Luís ao lado, mas o Penafiel, mais disposto a arriscar, só não operou a reviravolta aos 68, porque Miguel Oliveira travou um remate de Fábio Abreu, já na pequena área.

Os anfitriões voltaram a ameaçar o golo num remate forte de Estupiñán, que Ivo Gonçalves desviou para canto, aos 80 minutos, num cabeceamento de Artur Abreu por cima, aos 85, e noutro disparo, de Castro, aos 88, antes de Fábio Fortes perder a ocasião mais flagrante do desafio, aos 90+2.

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Vitória de Guimarães B - Penafiel, 1-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Oscar Estupiñán, 54 minutos.

1-1, Ludovic, 56.

Equipas:

Vitória de Guimarães B: Miguel Oliveira, Sacko, Dénis Duarte, Marcos Valente, David Luís, Al Musrati (Xande Silva, 55), Kiko, Hélder Ferreira (Artur Abreu, 62), Castro, Haashim Domingo (Rúben Oliveira, 76) e Oscar Estupiñán.

(Suplentes: André Costa, Marouane, Rúben Oliveira, João Correia, Xande Silva, Artur Abreu e Pedro Raúl).

Treinador: Vítor Campelos.

Penafiel: Ivo Gonçalves, Kalindi, Luís Pedro, João Paulo, Daniel Martins, Romeu Ribeiro (Hélio, 77), Vasco Braga, Ludovic (Márcio, 86), Gustavo, Gleison (Fábio Fortes, 63) e Fábio Abreu.

(Suplentes: Tiago Rocha, Luís Dias, Diouf, Hélio, César, Márcio e Fábio Fortes).

Treinador: Armando Evangelista.

Árbitro: Manuel Oliveira (Associação de Futebol do Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Al Musrati (14), Xande Silva (65) e Castro (70).

Assistência: 1.016 espetadores.









Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

M