Varzim-Ac. Viseu, 0-1: Viseenses triunfam a jogar contra nove

Fábio Piló expulsou dos poveiros Mário Sérgio e Estrela, uma decisão que foi muito contestada

Manuel Cajuda
• Foto: Movenotícias

O Académico de Viseu venceu esta quarta-feira o Varzim, por 1-0, em partida da 33.ª jornada da 2ª Liga, em que os poveiros jogaram quase toda a segunda parte reduzidos a nove unidades.

Barry, aos 51 minutos, fez o golo que desequilibrou o resultado, dois minutos antes de um lance polémico, em que o árbitro da partida, Fábio Piló, expulsou da equipa poveira Mário Sérgio e Estrela, numa decisão muito contestada pelos locais.

Depois de ter mostrado um amarelo a Mário Sérgio na sequência de uma falta, o juiz de Leiria acumulou o castigo, sem explicação aparente, ao lateral-direito expulsando-o, talvez ludibriado por uma confusão que se gerou no lance, e que, por indicações dos auxiliares, valeu, também, o cartão vermelho para Estrela.

Com este triunfo, o Académico de Viseu reentra na luta pela subida de divisão, ascendendo ao quinto lugar com 54 pontos, menos dois do que o segundo classificado, o Santa Clara.

Já o Varzim atrasou-se no objetivo da manutenção, sendo agora 14.º com 40 pontos, apenas mais sete em relação aos lugares de descida.

O desafio começou com as equipas muito encaixadas, com o Varzim a sentir dificuldades para encontrar brechas na defesa com três centrais dos forasteiros e a formação de Viseu a não conseguir criar desequilíbrios nas suas movimentações ofensivas.

Um remate de Barry, por cima, e um outro Rúben Macedo, para os poveiros, com mesma falta de pontaria frisaram as únicas situações de perigo nos primeiros 20 minutos do jogo.

Com a saída prematura do viseense Fábio Santos, por lesão, o Varzim mostrou-se mais perigosos nas suas movimentações, com Rúben Macedo a dar nas vistas e dispor de boas oportunidades para marcar.

Nsor também teve nos pés uma boa chance para os forasteiros desfazerem a igualdade, mas o guardião dos poveiros Paulo Vítor segurou o nulo até ao intervalo.

Pouco depois do regresso do descanso, os forasteiros beneficiaram de um livre cobrado por Lucas, que Barry desviou de cabeça, fazendo a bola embater no poste e entrar para o 1-0, aos 51 minutos.

Na tentativa de resposta do Varzim a esse revés, surgiu o lance que culminou na expulsão de Mário Sérgio e Estrela e que obrigou a uma paragem de alguns minutos para que os ânimos se estabilizassem.

Ainda assim, os poveiros não desmoralizaram pela inferioridade numérica, mantendo o jogo equilibrado e até criando boas oportunidades para resgatar o empate, perante um Académico que não soube aproveitar a situação para gerir a partida e, além se revelar perdulário, tremeu para segurar o magro pecúlio até ao final.

Jogo no Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim.

Varzim-Académico Viseu, 0-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

0-1, Barry, 51 minutos.

Equipas:

Varzim: Paulo Vítor, Mário Sérgio, Nélson Agra, Jeferson, Rui Coentrão, Estrela, Jean, Nelsinho, Rúben Macedo (Tiago Valente, 67), Stanley (Malele, 83) e Ruan Teles (Baba Seck, 67).

(Suplentes: Paulo Cunha, Tiago Valente, Sandro, Diogo Ramos, Pintasilgo, Baba Seck e Malele).

Treinador: Nuno Capucho

Académico Viseu: Peçanha, João Mário (Joel, 75), Fábio Santos (Paná, 23), Bruno Sousa, Bura, Lucas (Avto, 68), Capela, Zé Paulo, Sandro Lima, Nsor e Barry.

(Suplentes: Jonas, Joel, Kiko, Paná, Rui Miguel, Avto e Tarcício).

Treinador: Manuel Cajuda.

Árbitro: Fábio Piló (AF Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sandro Lima (15), Mário Sérgio (52), Nsor (64), Nélson Agra (69), Rui Coentrão (74) e Barry (89). Cartões vermelhos diretos para Mário Sérgio (53) e Estrela (54).

Assistência: cerca 1.500 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.