Varzim-Arouca, 1-0: Triunfo com golo no 'último suspiro'

A equipa da Póvoa de Varzim levou melhor sobre o Arouca nos descontos

O Varzim venceu este sábado o Arouca, por 1-0, em jogo da 28.ª jornada da 2.ª Liga, que foi decidido com um golo no 'último suspiro', apontado por Ricardo Barros.

O atacante dos poveiros desequilibrou o desafio com um cabeceamento eficaz, aos 90+5, na sequência de um canto, no último lance de um encontro em que a formação 'alvinegra' foi, quase sempre, superior ao adversário.

Com este resultado, o Varzim ganha ânimo na luta pela permanência, deixando os lugares de despromoção e subindo ao 15.º posto, agora 31 pontos, menos três do que o Arouca, que segue em 11.º, mas desperdiçou uma oportunidade de garantir uma posição mais tranquila na tabela.

Os arouquenses acabaram 'castigados' por não mostrar grande ambição, perante um Varzim que entrou determinado em assumir o controlo do desafio e criando, desde cedo, oportunidades para marcar, nomeadamente por Rui Pedro e Rui Coentrão.

Os visitantes fizeram da sua organização defensiva a maior arma, conseguindo suster as investidas poveiras e tentar, depois, em contra-ataque, responder, usando remates de longa distância para tentar surpreender.

A toada manteve-se no segundo tempo, com o Varzim, novamente, mais dominador e rematador, mas sem ser objetivo na altura da finalização e enfrentando um concentrado guarda-redes adversário.

Apesar de pressionado, o Arouca mostrou-se confortável nesta estratégia de contenção, jogando com o cronómetro para segurar o empate, perante um Varzim que, mesmo desgastado, manteve a pressão.

E, quando parecia que o nulo já não seria beliscado, os poveiros mostraram-se letais na última chance que dispuseram, com Pavlovski a bater um canto e Ricardo Barros, que tinha entrado para os instantes finais, a desviar de cabeça para o 1-0 final.

O treinador dos poveiros, César Peixoto, que se estreou como técnico há três jornadas, consegue, assim, a primeira vitória da nova carreira.

Jogo no Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim.

Varzim - Arouca, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, Ricardo Barros, 90+5 minutos.

Equipas:

- Varzim: Emanuel (Broetto, 17), Vasco Rocha, Nélson Agra, Sandro, Jeferson, Rui Coentrão, Estrela, Pavloski, Nélsinho (Baba Sow, 71), Rui Pedro e Júlio Alves (Ricardo Barros, 82).

(Suplentes: Broetto, João Amorim, Baikoro, Baba, Payne, Mário Sérgio e Ricardo Barros).

Treinador: César Peixoto

- Arouca: Stefanovic, Tales Oleques, Victor Massaia, Pedro Pinto, Deyvison, Kiko (Bukia, 73), Didi, Ericsson, Tony Correia (Bruno Alves, 90), Malele (Willian, 67) e Fortes.

(Suplentes: Rui Vieira, Benny, Soares, Bruno Alves, Breitner, Bukia e Willian).

Treinador: Quim Machado

Árbitro: João Pinho (AF Aveiro).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rui Pedro (45), Kiko (54), Didi (77), Stefanovic (79), Pedro Pinto (82), Rui Coentrão (83), Victor Massaia (85) e Tony Correia (90).

Assistência: cerca 1.500 espetadores.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.