Varzim-Freamunde, 0-0: Tanto desperdício só podia dar em nulo

Partida sem golos

• Foto: Amândia Queirós

Varzim e Freamunde empataram este domingo 0-0, em partida da 10.ª jornada da 2.ª liga, pautada pelo equilíbrio e pelas dificuldades na finalização em ambas as equipas.

Apesar de ter havido um Varzim mais acutilante na primeira parte, os forasteiros ainda desperdiçaram uma grande penalidade na etapa inicial, mostrando-se, depois, melhor equipa na segunda parte.

As primeiras oportunidades do encontro pertenceram aos poveiros, com Éder a protagonizar um belo remate em jeito, mas que saiu ao lado, e Leonel Olímpio a tentar a sorte com dois tiros de longe.

O Freamunde, praticamente inofensivo até então, despertou a partir do minuto 40 e, depois de um remate de Mochine, desperdiçou a melhor oportunidade do encontro, quando Rui Raínho falhou uma grande penalidade, já nos descontos do primeiro tempo.

Apesar do desperdício, os visitantes regressaram para a segunda metade galvanizados e criaram mais lances de perigo. Num deles, aos 68 minutos, o defesa do Varzim Sandro cortou em cima da linha um remate de Chaparro.

A estratégia de três centrais apresentada pelo técnico dos poveiros, Armando Evangelista, mostrava-se demasiado permissiva e, apesar de uma ou outra reação da sua equipa, o Freamunde esteve, até final, mais perto do triunfo, mas, tal como o adversário, não disfarçou a parca pontaria.

Jogo no Estádio do Varzim SC.

Varzim: Paulo Cunha, Lima Pereira, Sandro, Jeferson, Neta (Tiago Alves, 74), Nélson Agra, Leonel Olímpio (Sérgio Organista, 61), Rui Coentrão, Nelsinho (Renna, 85), Eder e Rui Costa.
Suplentes: Paulo Vítor, Keaton, Tiago Alves, Romário, Pedro Santos, Sérgio Organista e Renna.
Treinador: Armando Evangelista.

Freamunde: Rui Nereu, Rodolfo, Eri, Luís Pedro, Rui Raínho, Pape Balla, Paulo Grilo, Ivan Perez, Miguel Pedro (Vieira, 85), Mochine (Diogo Ramos, 67) e Chaparro (Maxi Laso, 80).
Suplentes: Dany, Diogo Ramos, Huguinho, Vieira, Leandro, Leandro Pimenta e Maxi Laso.
Treinador: Carlos Brito.

Árbitro: Manuel Mota (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pape Balla (48), Sandro (55), Jeferson (63), Rui Coentrão (79) e Eri (90).

Assistência: cerca de 1.500 espetadores.

Consulte os resultados e classificação aqui

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.