Varzim-Gil Vicente, 2-0: Vitória dá 7.º lugar aos poveiros

Golos de Bruno Moraes e Gil Dias

Gil Dias marcou já nos descontos
• Foto: Manuel Araújo

O Varzim venceu este sábado o Gil Vicente por 2-0, em partida da 38.ª jornada da 2.ª Liga, decidida com os golos de Bruno Moraes e Gil Dias, já no segundo tempo.

Com este desaire, a formação de Barcelos marcou passo na luta pela subida de divisão, descendo para o oitavo lugar, com 57 pontos, sendo ultrapassada pelo Varzim, que com mais um jogo, subiu a sétimo, com 59 pontos.

Os poveiros adaptaram-se melhor às condições de um terreno muito fustigado pela chuva e, desde cedo, mostraram-se mais dominadores, embora com dificuldades para encontrar brechas na defesa gilista.

A turma de Barcelos até mostrava acerto nesse capítulo, mas ao apresentar-se demasiado recuada, poucas vezes conseguia armar, com coerência, os seus contra-ataques.

Nesta toada, adiavam-se as situações de perigo junto às balizas, pertencendo aos poveiros, apenas aos 20 minutos, o primeiro lance digno de registo, num remate de Gil Dias, que Serginho segurou sem dificuldades.

Perante a inoperância ofensiva da sua equipa, que nesta etapa inicial não esboçou um único remate, o guarda-redes dos barcelenses viria a estar em destaque já perto do intervalo.

Após um livre cobrado por Rui Coentrão, aos 40, Serginho respondeu com defesa apertada para manter o nulo com que se chegou ao período de descanso.

No reatamento, o técnico do Gil Vicente, Nandinho, lançou Avto no jogo, ganhando maior fulgor ofensivo e uma equipa mais pressionante, mas sem disfarçar as dificuldades na finalização.

No entanto, o atrevimento dos barcelenses foi-se esmorecendo com o avançar do cronómetro, permitindo que o Varzim voltasse a surgir com mais perigo junto à área contrária.

Cherif e Nelsinho colocaram os reflexos do guardião dos 'galos' à prova, no que seria o prenúncio do primeiro tento do jogo.

Bruno Moraes, aos 79, na recarga a um primeiro remate de Gil Dias, acabou por justificar a aposta ao intervalo, colocando os locais na frente do marcador.

Só em desvantagem o Gil Vicente reagiu, esboçando, já depois dos 80 minutos, os seus primeiros lances de perigo junto à baliza de Pedro Soares, com Simy em duas ocasiões, a falhar na pontaria.

No entanto, já em tempo de descontos, e aproveitando um Gil Vicente descompensado na busca do empate, Gil Dias, após contra-ataque, fechou o marcador, premiando um Varzim que fez mais para vencer.

Jogo no Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Bruno Moraes, 79 minutos.

2-0, Gil Dias, 90+1.

Varzim: Pedro Soares, Adilson (Sérgio Organista, 84), Pedro Santos, Nélson Agra, Rui Coentrão, Pedro Sá, Wilson Manafá, Nelsinho, Elísio (Bruno Moraes, 46), Gil Dias e Cherif (João Carneiro, 73).
Suplentes: Ricardo, João Carneiro, Bruno Moraes, Raúl, José Postiga, Sérgio Organista e Anthony Freitas.
Treinador: Nuno Capucho.

Gil Vicente: Serginho, Ricardo, Sandro, Renan, Bruno Silva (Pedro Lemos, 56), Djamal, Vítor Gonçalves, Yeo, Fatai (Avto, 46), Simy e Yartey (Paulinho, 75).
Suplentes: Júlio, Platiny, Avto, João Pedro, Jonathan, Pedro Lemos e Paulinho.
Treinador: Nandinho.

Árbitro: André Moreira (Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bruno Silva (40), Pedro Sá (87), Rui Coentrão (88), Vítor Gonçalves (90) e Wilson Manafá (90).

Assistência: cerca 1.000 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas