Vilafranquense-Chaves, 0-1: Golo de Batxi desbloqueou a partida

Triunfo aproxima flavienses dos lugares cimeiros da Liga Sabseg

O Chaves venceu o Vilafranquense por 1-0, em jogo da 25ª jornada da Liga Sabseg, num triunfo que aproximou os transmontanos dos lugares cimeiros da prova.

Num jogo que estava a ser equilibrado, um golo do avançado Batxi desbloqueou a partida para os flavienses, enquanto os ribatejanos continuam sem vencer desde 28 de dezembro de 2020, há 13 jogos.

O Chaves desde início começou a ganhar preponderância na partida, a ocupar o meio campo dos ribatejanos, e a primeira ocasião foi com naturalidade para os transmontanos: Hélder Guedes, aos 17 minutos, arranjou espaço para rematar para a defesa complicada de Tiago Martins.

O jogo estava vivo, com alguma emoção e equilibrado. Perto do intervalo, os ribatejanos com uma transição rápida criavam dificuldades defensivas ao Chaves. Simples e prático, Jefferson recuperou a bola a meio campo, deixou na esquerda em Leonardo, o brasileiro fez um centro milimétrico para o avançado André Claro cabecear por cima da trave.

Com o reatamento veio novamente a maior posse de bola forasteira a empurrar o Vilafranquense para junto da sua grande área. Numa jogada bem delineada, na esquerda, João Reis cruzou, o central Diogo Coelho desviou e a bola foi parar a Batxi, que, sem marcação, rematou certeiro, colocando o Chaves na frente do marcador.

A equipa de Carlos Pinto tentou reagir, cresceu na partida, começando a ter mais bola, e a partida espevitou. Os transmontanos tentavam tapar os caminhos da sua baliza, com as linhas a jogar muito juntas e a defender sempre com acerto.

Com os ribatejanos por cima do encontro, a pressão aumentava sobre o Chaves nos últimos minutos: Kady num livre levou muito perigo e valeu a defesa com dificuldade de Paulo Vitor.

A incerteza no resultado permaneceu até ao fim, com o Vilafranquense a não se entregar, mas, aproveitando o balanceamento ribatejano, Juninho poderia ter ampliado a vantagem forasteira perto do final da partida, valendo a defesa de Maringá para canto.

O Chaves é 5.º classificado, com 40 pontos, a seis dos lugares de luta pela subida, enquanto o Vilafranquense é 14.º, com 23.

Ficha de jogo

Jogo no Estádio Municipal de Rio Maior.

Vilafranquense - Desportivo de Chaves, 0-1.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

0-1, Batxi, 53 minutos.

Equipas:

- Vilafranquense: Tiago Martins (Maringá, 46), Marcos Vinicius, Diogo Coelho, Gonçalo Santos, Eric Veiga (Vitor Bruno, 58), Jefferson, Diogo Izata (Carlos Fortes, 65), Leonardo, Diogo Pinto (Kady, 58), André Dias (Vitinho, 71) e André Claro.

(Suplentes: Maringá, Marco Grilo, Alan Bidi, Vitor Bruno, Vitinho, Kady, Ruben Gonçalves, Carlos Fortes, Mbombo).

Treinador: Carlos Pinto.

- Chaves: Paulo Vitor, João Correia, Vasco Fernandes, Rocha, João Reis, Benny (Bura, 83), Nuno Coelho, Batxi, João Teixeira (Zé Tiago, 78), Helder Guedes (Juninho, 84) e Wellington (Niltinho, 90).

(Suplentes: Ricardo Moura, Bura, Niltinho, Zé Tiago, Juninho, Rafael Viegas, Kevin Pina, José Gomes, Nicolas).

Treinador: Vítor Campelos.

Árbitro: Dinis Gorjão (AF Setúbal).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gonçalo Santos (31), Diogo Izata (45+2), Jefferson (47), Kady (60), João Teixeira (77), André Claro (79), João Reis (85).

Assistência: jogo realizado á porta fechada devido à pandemia covid-19.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.