Vilafranquense-Oliveirense, 3-2: Tocantins sela triunfo ao cair do pano em jogo de nervos

Brasileiro saltou do banco para decidir

• Foto: Liga Portugal

O Vilafranquense deixou este domingo o último lugar da Segunda Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa a Oliveirense, por 3-2, na oitava jornada, graças a um golo no último minuto.

A equipa ribatejana esteve a vencer por 2-0, com golos de Filipe Oliveira (11 minutos), Denis Martins (42), mas permitiu que Agdon (61) e Neto Costa (73) fizessem o empate para a Oliveirense, antes de Gustavo Tocantins (90) dar o segundo triunfo ao Vilafranquense.

Os ribatejanos entraram melhor, e Ulisses Santos aproveitou a passividade da defesa de Oliveira de Azeméis, assistiu Filipe Oliveira, que de pé esquerdo fez um bom golo.

A Oliveirense ia tentando responder à desvantagem, mas os ribatejanos iam tapando os caminhos da sua baliza e tiveram uma soberana ocasião para ampliar, com o nigeriano Silas a surgir isolado, mas, só com Bruno Vale pela frente, a rematar por cima da trave.

Na melhor ocasião forasteira, Neto Costa, após um livre, cabeceou e obrigou Maringá a defesa apertada para evitar a igualdade.

Mais objetivos os homens de Vila Franca de Xira chegaram ao segundo golo, antes do intervalo, após um canto apontado por Ulisses, com Neguete a cabecear à trave e na recarga Denis Martins a aumentar a vantagem ribatejana.

Apesar de a partida ter perdido qualidade no segundo tempo, a Oliveirense conseguiu reduzir por Agdon, que aproveitou um ressalto para marcar.

O golo deu novo alento à equipa de Pedro Miguel, que pouco depois chegaria à igualdade por Neto Costa na sequência de um canto.

Num último fôlego, a equipa de Filipe Moreira chegou à vantagem, novamente na sequência de um canto, em que João Vieira cabeceou à trave e, com o peito, Gustavo Tocantins fez o golo da vitória.

Jogo no Estádio Municipal de Rio Maior.

Vilafranquense-Oliveirense, 3-2.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, Filipe Oliveira, 11 minutos.

2-0, Denis Martins, 42.

2-1, Agdon, 61.

2-2, Neto Costa, 73.

3-2, Gustavo Tocantins, 90.

Equipas:

Vilafranquense: Maringá, Denis Martins, Neguete, Kassio Fernandes, Brigues, China, Ulisses (Pepo, 84), Filipe Oliveira (Marco Grilo, 76), Silas, João Vieira e Wilson (Gustavo Tocantins, 73).

Suplentes: Rodrigo Josviaki, Pepo, Alan Bidi, Tarcísio, Karzun, Marco Grilo, Gustavo Tocantins.

Treinador: Filipe Moreira.

Oliveirense: Bruno Vale, Alemão, Michael Douglas, Wellington, Diogo Clemente, Filipe Gonçalves, Fabinho, Paraíba (Malele, 69), Marcos Júnior (Miguel Silva, 46), Neto Costa e Agdon (Oliveira, 88)

Suplentes: Coelho, Sérgio, Elizio, Sérgio Ribeiro, Malele, Miguel Silva, Oliveira.

Treinador: Pedro Miguel.

Árbitro: Carlos Xistra (AF Castelo Branco).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Filipe Oliveira (13), Welington (20), Neguete (65), Ulisses (81), Gustavo Tocantins (90)

Assistência: cerca de 400 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.