Vizela-Sp. Covilhã, 2-1: 'remontada' na segunda parte vale triunfo minhoto

Serranos averbaram a terceira derrota em três jogos

• Foto: Liga Portugal

Com uma reviravolta em Paços de Ferreira, o Vizela derrotou estra terça-feira o Sp. Covilhã, por 2-1, em jogo da 3.ª jornada da 2.ª Liga.

Depois de estar a perder, a equipa vizelense encarou a adversidade de forma destemida e conseguiu dar a volta ao resultado, somando assim a segunda vitória na prova. Recorde-se que na última jornada, o Vizela sofreu uma pesada derrota, por 4-1, em casa do FC Porto B.

O Covilhã, por outro lado, ainda não somou qualquer vitória na prova.

A partida iniciou-se com a equipa serrana a conseguir dominar e a criar as melhores situações de perigo. Logo aos seis minutos, e a provar isso mesmo, a bola chegou mesmo a entrar dentro da baliza da formação da casa, com um golo apontado por Gleison. No entanto, o árbitro assinalou fora de jogo.

A pressão manteve-se e, aos 25 minutos, Marcelo, ao tentar tirar a bola de dentro da área, atrapalhou-se e colocou-a dentro da baliza de Ivo.

Apesar da infelicidade, a vantagem do Covilhã era o resultado merecido perante tudo o que estava a ser feito em campo até ao momento.

Depois do golo, o Vizela acordou e passou a dominar o jogo, mostrando vontade em chegar ao empate o mais depressa possível. No entanto, isso só acabou por acontecer na segunda parte.

Ao minuto 53, David Soares fez falta dentro da área do Vizela e o árbitro prontamente assinalou grande penalidade a favor da equipa da casa. Marcos Paulo foi chamado a marcar e não desperdiçou a oportunidade, repondo assim a igualdade e a justiça no resultado.

O Vizela manteve-se na procura pelo golo, algo que acabou por acontecer aos 79 minutos. Após um canto de Samu, Tavinho apareceu na área, nas alturas, e, de cabeça, fez o golo da reviravolta.

Até ao final, a formação da casa limitou-se a gerir o resultado, permitindo com isso que o Covilhã subisse no terreno, mas sem perigo.

Jogo disputado no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira.

Vizela - Covilhã, 2-1

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Marcelo, 25 minutos (na própria baliza).

1-1, Marcos Paulo, 54 (grande penalidade).

2-1, Tavinho, 79.

Equipas:

- Vizela: Ivo, Koffi Kouao, Marcelo, Aidara, Kiki, Marcos Paulo, Ericson (Samu, 68), Zag, Cardozo (Francis Cann, 55), Cassiano (Diogo Ribeiro, 90+1) e André Soares (Tavinho, 55).

Suplentes: Pedro Silva, Tavinho, João Pais, Okoli, Samu, João Pedro, Ofori, Diogo Ribeiro e Francis Cann).

Treinador: Álvaro Pacheco.

- Sp. Covilhã: Léo Navacchio, David Santos, André, Jaime, Tiago Moreira, Gilberto (Areias, 83), Léo Cá, Filipe, João Cardoso (Gui, 65), Gleison (Jean Felipe, 73) e Daffe.

Suplentes: Bruno, Morgado, Areias, Jean Felipe, Vital, N'Dao, Edwin Vente, Jorge Vilela e Gui.

Treinador: Daúto Faquirá.

Árbitro: David Silva (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para João Cardoso (15), Léo Navacchio (75), Francis Cann (85) e Tavinho (90+2).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.

Por Lusa
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de 2ª Liga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.