César: «Queremos dar sequência às duas últimas vitórias»

Guarda-redes do Estoril otimista pelo triunfo em Coimbra e sem receio de voltar à Amoreira

• Foto: Luís Manuel Neves

Quatro jogadores do plantel principal do Estoril, César, Furlan, João Pedro e Aylton, acompanhador por dois atletas do triatlo do clube, Diogo Silva e Rafael Domingos, passaram uma tarde diferente ao visitarem a Escola Básica do 1º Ciclo e Jardim de Infância Raul Lino.

Os craques distribuíram autógrafos, ofereceram bilhetes para o Estoril-Varzim, de domingo, e responderam às perguntas das crianças, algumas bem engraçadas com destaque para a primeira da tarde: "Como é que têm coragem de jogar futebol?", perguntou uma menina, levando os adultos a um coro de gargalhadas.

Depois das respostas, os craques ainda participaram num mini-jogo no campo da escola, que terminou empatado, despediram-se dos alunos. O guarda-redes César considerou esta visita "muito legal… as crianças passam uma energía positiva para nós", considerou.

O brasileiro estreou-se na 2ª Liga, na vitória do Estoril em Coimbra (7-2), e está otimista para a receção ao Varzim, domingo, em jogo antecipado da 7.ª jornada. Depois desse resultado dilatado no último encontro, o que se pode esperar da equipa de Luís Freire?

"Os adeptos, o staff e todos os que acompanham o clube podem esperar muito empenho, dedicação ao trabalho e muita luta. Os triunfos na Taça [1-0 na Vidigueira] e em Coimbra vieram em boa hora, agora é tempo de dar sequência às duas últimas vitórias", explicou César.

A receção ao Varzim será o primeiro jogo do Estoril na Amoreira desde a derrota com o Mafra, por esclarecedor 1-4. O guarda-redes garante que não há qualquer ansiedade no plantel por voltar a jogar em casa.

"É normal acontecerem derrotas, faz parte, mas é uma página já virada, somo um grupo com uma identidade forte, foi apenas uma tarde má. Temos é de continuar a trabalhar, pensar jogo a jogo e vencer os próximos encontros", resumiu César.

Apesar de ter sido titular nos últimos dois jogos, o guardião brasileiro ainda não se sente titular: "Não agarrei o lugar. É bom jogar mais independentemente de quem jogar, eu o Thierry ou o Igor, o importante é o Estoril estar bem representado na baliza."

Sobre a Taça de Portugal, competição na qual o Estoril vai receber o Tondela, César está ansioso. "É um desafio novo para nós, defrontar uma equipa da 1ª Liga. Vamos tentar ganhar, claro, para continuar na Taça de Portugal", rematou.

Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Estoril

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.