Filipe Pedro: «O estado anímico da equipa não é o melhor»

Técnico interino criticou as paragens de jogo durante a segunda parte

• Foto: Lusa

Após o desaire em Paços de Ferreira (1-0), o técnico interino do Estoril, Filipe Pedro, admitiu que a motivação da sua equipa não é a melhor e que esse fator contribuiu para o resultado final. Ainda assim, realçou que, no encontro deste domingo, os jogadores já demonstraram bons pormenores.

"O jogo foi preparado da mesma maneira dos outros, embora saibamos que o estado anímico da equipa não é o melhor. O adversário apresentou algumas mudanças nas suas ideias, mas o nosso foco esté em nós e penso que também mostrámos coisas diferentes, privilegiando mais o jogo pelo chão e conseguindi pressionar quando não tínhamos a bola", analisou.

"Existe nervosismo e sabemos que isso só vai desaparecer quando fizermos um golo, mas também é verdade que senti a equipa a reagir ao golo, faltando-nos alguma capacidade para aproveitar os lances que foram criados. Cometemos alguns erros de equilíbrio defensivo, algo que futuramente teremos de corrigir", prosseguiu.

O técnico interino do último classificado da Liga NOS deixou ainda críticas para a forma como a segunda parte decorreu, lamentando o tempo útil de jogo. "Houve muitas paragens. Não é normal, não é positivo e não valoriza o nosso futebol. Quem assistiu à segunda parte do jogo, ficou com vontade de mudar de canal", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Estoril

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.