Golaço de Kléber tem segredo no futevólei

Potente cabeceamento do brasileiro ficou na retina e fez lembrar os tempos de... Mário Jardel

• Foto: Simão Freitas

Além de terminar a série de seis derrotas seguidas na Liga, o empate do Estoril em Braga (1-1), na última jornada, ficou marcado pelo fantástico golo de Kléber. Numa entrada de rompante na zona de penálti, o brasileiro correspondeu ao cruzamento da direita de Licá, subiu ao terceiro andar e, de cabeça, fuzilou Marafona. Um cabeceamento fulminante a fazer lembrar Mário Jardel, e que, segundo Record apurou, tem segredo… no futevólei.

Fã da modalidade desde os tempos em que o futebol ao mais alto nível era apenas um sonho, Kléber é um praticante assíduo e, especialmente nas férias, não dispensa uma tarde de praia, onde aproveita para exercitar um dos seus principais atributos: o jogo aéreo. Além de aperfeiçoar a técnica do cabeceamento, este hábito tem potenciado a forte capacidade de impulsão do avançado, que, por si só, conta já com uma elevada estatura (1,87m). Explorar este aspeto tem sido também uma preocupação do técnico, Pedro Carmona, que, após as contratações de Licá e André Claro, passou a ter mais opções nos corredores.

Confiança redobrada

Ultrapassados os problemas físicos, Kléber tem sido alvo de um plano específico de prevenção de lesões delineado pelo departamento clínico, que tem ajudado o avançado a voltar ao melhor nível e ganhar confiança para uma grande segunda volta.

Por Fábio Aguiar
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Estoril

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.