Pedro Emanuel: «Foi um final de jogo emocionante»

Técnico já esperava um Sporting forte e só lamenta que o Estoril tenha marcado tão tarde

• Foto: Miguel Barreira

Depois de ter saído goleado no Dragão, o Estoril deixou este domingo uma imagem bem diferente em Alvalade, de onde a turma orientada por Pedro Emanuel saiu derrotada pela margem mínima, por 2-1. O treinador estorilista já estava à espera de um início a todo gás dos leões - que marcaram precisamente nessa fase - mas sublinhou a boa reação da sua equipa e a emoção que existiu até ao final do encontro.

"Tínhamos a noção de que o Sporting iria entrar muito forte, porque tinha algum desgaste acumulado e iria entrar com toda a força e foi isso que aconteceu. Aos 11 minutos já estávamos a perder por 2-0 e tivemos de voltar ao jogo. A nossa estratégia passava por não deixar que o jogo parasse muito. Queriamos jogar, ter a bola. Para tentarmos desgastar a equipa do Sporting. Fomos conquistando isso. Foi um jogo emotivo. Quando começamos a subir mais as linhas, começamos a chegar mais próximo da baliza do Sporting e isso trouxe-nos confiança, que era o que queríamos. Confiança para o nosso lado, intranquilidade para o lado do Sporting. Sabendo que tínhamos dois golos de desvantagem, mas a saber que poderíamos marcar. Pena que aconteceu tão tarde", começou por referir o técnico estorilista na flash-interview da SportTV.

"Foi um final de jogo emocionante e isso é que agarra as pessoas às cadeiras. Hoje foi muito bom para quem veio ao estádio. Dou os parabéns às equipas. O Sporting muito desgastado, mas com muita qualidade. A nossa equipa levar dois socos aos 11 minutos e ainda se levantar e fazer o jogo que fez. E a equipa de arbitragem pelas decisões que tomou", acrescentou, não sem criticar um aspeto originado pelo vídeo-árbitro: "O único reparo que faço tem a ver com as paragens do VAR. O protocolo diz que tem de dar mais tempo pelo visionamento e este jogo permitia que houvesse mais jogo. Três excelentes equipas com boas prestações. Viemos cá para discutir o jogo. Eu disse que tínhamos de ter coragem e personalidade e eles fizeram um trabalho tremendo de equipa."

Por André Ferreira
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Estoril

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.