Record

Proibidos de jogar de 'salto alto'

Luís Freire diz que a sua equipa não pode exibir-se sempre ao nível de Coimbra e lança aviso

• Foto: Paulo Calado
Travão na euforia! Esta foi a principal preocupação de Luís Freire quando fez a antevisão da partida com o Varzim, esta manhã. O Estoril goleou a Académica na ronda anterior, por números invulgares (7-2), e o técnico teve a preocupação de avisar os jogadores, não podem entrar ‘de salto alto’, como acontece muitas vezes após resultado tão desnivelado.

"Queremos praticar bom futebol mas trabalhamos para estar preparados para qualquer tipo de jogo. Temos de interiorizar que nem sempre jogaremos como na jornada passada, mas nos níveis de concentração e de foco nas tarefas temos de ser uma equipa totalmente disponível", resumiu.

Sobre o Varzim, o treinador dos canarinhos não tem dúvidas: "adversário muito perigoso, com um contra ataque forte e uma grande capacidade de utilização do poder físico e técnico dos seus avançados... mas estamos identificados com as dificuldades que este jogo pode oferecer."

Por tudo isso, Luís Freire revela o plano para hoje. "Temos de ser uma equipa totalmente disponível. Só chegaremos à vitória se, em primeiro lugar, implementarmos e estivermos dispostos a cumprir o que está trabalhado", explicou.
Por Miguel Amaro
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Estoril

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M