Farense em festa com regresso à 1.ª Liga, após 18 anos de ausência: «O gigante acordou»

Algarvios confirmam que "tendo em conta a conjuntura atual", abdicam do valor referente ao fundo de apoio aos clubes da 2.ª Liga

• Foto: Filipe Farinha

O Farense viu confirmada a subida à 1.ª Liga em reunião de direção da Liga Portugal e os seus responsáveis já vieram a público destacar "o mérito do grupo, que esteve nos lugares de subida em 22 das 24 jornadas".

Em comunicado, o Farense salienta que "a história desta instituição há muito que implorava por este momento e há muito que a nobreza deste clube exigia um lugar condicente. Decisões de má memória exigiram desta instituição e das suas gentes uma força inumana que vemos agora capitalizada. É difícil perceber a grandeza de um gigante quando o vemos prostrado por terra, mas nunca esqueceremos o mérito de todos aqueles que lhe deram a mão! Aos que estão e aos que estiveram, atletas, equipa técnica, estrutura, sócios e adeptos: este momento é de todos vós, o gigante acordou!"

O Farense dá conta de que "não era seguramente esta a forma com que durante tanto tempo nos imaginámos celebrar. Não era seguramente este o contexto ou conjuntura ideal, mas reconhecemos a coragem do Governo, da Liga e da Federação Portuguesa de Futebol que, em circunstâncias de absoluta calamidade social e económica, tiveram a capacidade de procurar soluções equitativas e assumir decisões difíceis".

Os algarvios desejam "os maiores sucessos desportivos a todos os adversários que honraram esta liga e engrandeceram este campeonato. Este é um clube magnânimo, de elegância, dignidade e valores nobres, e é preciso saber ser tão grande na derrota quanto na vitória".

O Farense confirmou que "tendo em conta a conjuntura atual, abdica do valor referente ao fundo de apoio aos clubes da 2.ª Liga, solidarizando-se agora e como sempre, a todas as instituições envolvidas".


Leia o comunicado na íntegra:

ESTAMOS DE VOLTA!
Estaria tudo dito, mas não chega. Não é o tamanho das palavras, mas a importância desta frase. Muito mais que uma constatação do presente, são o consagrar do passado!

O sorriso com que hoje voltamos a colorir o rosto é completo pelas lágrimas de uma alegria 18 anos contida: caros sócios, adeptos e simpatizantes, ESTAMOS DE VOLTA À 1ª LIGA!
A história desta instituição há muito que implorava por este momento. Há muito que a nobreza deste clube exigia um lugar condicente. Decisões de má memória exigiram desta instituição e das suas gentes uma força inumana que vemos agora capitalizada.

É difícil perceber a grandeza de um gigante quando o vemos prostrado por terra, mas nunca esqueceremos o mérito de todos aqueles que lhe deram a mão! Aos que estão e aos que estiveram, atletas, equipa técnica, estrutura, sócios e adeptos: este momento é de todos vós, o gigante acordou!

Não era seguramente esta a forma com que durante tanto tempo nos imaginámos celebrar. Não era seguramente este o contexto ou conjuntura ideal, mas reconhecemos a coragem do Governo, da Liga e da Federação Portuguesa de Futebol que, em circunstâncias de absoluta calamidade social e económica, tiveram a capacidade de procurar soluções equitativas e assumir decisões difíceis!

Este é também o momento de desejar os maiores sucessos desportivos a todos os adversários que honraram esta liga e engrandeceram este campeonato. Este é um clube magnânimo, de elegância, dignidade e valores nobres, e é preciso saber ser tão grande na derrota quanto na vitória!

Nesse sentido, o Sporting Clube Farense, tendo em conta a conjuntura atual, abdica do valor referente ao fundo de apoio aos clubes da Liga Pro, solidarizando-se agora e como sempre, a todas as instituições envolvidas.

Mas subimos e chegámos a um lugar que é nosso por mérito próprio! Subimos porque fomos melhores. Subimos porque das 24 jornadas disputadas, estivemos 22 em lugar de promoção. Subimos porque fomos a equipa em mais jornadas no 1º lugar. Subimos por mérito, por esforço, por trabalho e pelo grande amor que temos ao futebol e ao Sporting Clube Farense!

Quis a vida que o regresso aos maiores palcos se desse no ano em que se comemoram 50 anos da primeira subida e 110 anos de história!

Por isso, esta conjuntura pode-nos roubar fogos de artificio, banhos de multidão e abraços sentidos, pode-nos roubar o brilho de uma época de excelência e o prazer de um festejo comum, mas não negará nunca o mérito deste grupo, nem calará o grito há 18 anos por dar:

DE FARO PARA O MUNDO… ESTAMOS DE VOLTA!!!

Só os duros vencem!

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Farense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0