Jorge Costa quer equipa a fazer mais e melhor

O jogo com o Nacional marca um início de um ciclo difícil

O Farense alcançou apenas um ponto nas últimas quatro jornadas, com fortes queixas das arbitragens, o que levou o presidente João Rodrigues a tecer duras críticas publicamente. O treinador Jorge Costa não esconde algum desconforto, mas centra-se naquilo que a equipa “pode controlar”.

“O presidente partilhou um sentimento que é generalizado, pois têm acontecido coisas estranhas e decisões no mínimo discutíveis”, assinala Jorge Costa, acrescentando: “Havendo fatores externos com um peso grande nos resultados, não nos vamos agarrar a isso e nós, como equipa, temos de fazer mais e melhor.”

O jogo com o Nacional marca um início de um ciclo difícil (quatro jogos fora e um em casa, com o Benfica). “Não nos vamos vergar e podemos lutar pelos três pontos em qualquer campo e contra qualquer equipa”, garante Jorge Costa.

Fora de portas o Farense somou apenas um ponto, um registo escasso. “Pretendemos alterar isso, ainda para mais não havendo público nas bancadas e sabendo que o grupo tem potencial para jogar bem longe do São Luís”, frisa.

Pela frente, hoje, os algarvios terão um Nacional “muito bem orientado, que gosta de ter a bola e com processos bem definidos, fruto de algum tempo de trabalho do seu treinador”, analisa Jorge Costa, que pede “superação” à sua equipa para somar os pontos em disputa.

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Farense

Notícias

Notícias Mais Vistas