Crença coletiva que moraliza

Feirense venceu Marítimo no último mês em jogo em que até começaram a perder. João Silva foi talismã

• Foto: Hugo Monteiro

A última vitória do Feirense foi alcançada sobre o Marítimo (3-2), para a Allianz Cup, precisamente o adversário que se segue, agora em jogo da Taça de Portugal.

O triunfo poderá motivar a equipa, que naquela partida foi capaz de dar a volta à desvantagem inicial e, na reta final, chegou à vitória através de João Silva. O português até deve estar no onze neste jogo.

No embate da Allianz Cup, no Marcolino, o ponta-de-lança, em pleno dia das bruxas, espalhou o terror na defesa insular, assinando um bis e tendo participação no outro golo apontado pelos de Santa Maria da Feira.

Aí o avançado comprovou o que, semanas antes, já tinha feito em Mirandela, ao decidir a eliminatória a favor da equipa de Nuno Manta, através de um livre direto, já em tempo de prolongamento, assumindo-se como um verdadeiro especialista em taças.

Ofuscado na parte inicial da época pelo protagonismo de Edinho, que entrou em 2018/19 a todo o gás, João Silva, só no último mês, fez quatro golos nas três competições que o Feirense disputa e está a apenas um do seu colega de posição. Nos Barreiros, terá oportunidade de o apanhar.

Dignos de menção são igualmente os dois golos de calcanhar do dianteiro: o terceiro ao Marítimo e, este com maior mestria, ao Tondela, para o campeonato, numa obra de arte que constitui um dos mais belos golos desta edição da Liga.

Por Ruben Tavares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Feirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.