Nuno Manta: «O resultado final resume-se à eficácia»

Técnico admite que a equipa "não esteve bem a defender" e que "faltou agressividade"

• Foto: Filipe Farinha

O Feirense somou a segunda derrota seguida ao perder na visita a Portimão, por 2-1 - na ronda anterior do campeonato caíra diante do Sporting, em casa, por 3-2 -, numa partida em que o técnico Nuno Manta admitiu que a sua equipa não esteve ao melhor nível. 

"Sabíamos que o Portimonense iria entrar forte, tentámos contrariar, mas não conseguimos. Não estivemos bem a defender, faltou-nos agressividade nos duelos individuais para travar o processo ofensivo. Permitimos que o Portimonense circulasse a bola até às zonas de finalização. O Portimonense é muito forte nos processos ofensivos, com jogadores muito criativos", começou por referir o treinador da equipa de Santa Maria da Feira.

"Na segunda parte, tentámos retificar, conseguimos ser mais equipa e tentámos aproveitar a ansiedade do resultado, e de o Portimonense querer defender a vantagem. Tivemos oportunidades para marcar, não conseguimos e o resultado final resume-se à eficácia. Em qualquer jogo, o nosso objetivo é sempre levar pontos, seja um ou os três. Agora, pensamos já no próximo jogo e em melhorar os aspetos em que estivemos menos bem", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Feirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0