Produção ofensiva pede maior eficácia

Rui Ferreira domina estatísticas mas só somou um ponto

Rui Ferreira somou um ponto nas duas primeiras jornadas ao serviço do Feirense, mas há estatísticas que provam que a equipa de Santa Maria da Feira até foi superior a Cova da Piedade e Benfica B. Exceto na eficácia...

Os fogaceiros somaram 23 remates contra 14 dos adversários; 12 cantos contra 9;  170 ataques perigosos contra 117; 51% de posse de bola contra 49%; e 44 cruzamentos contra 21. Só nos golos têm um défice: um marcado e três sofridos.

Melhorar eficácia é, então, a grande prioridade da nova equipa técnica do Feirense para a receção ao Varzim, aquela que é a primeira das seis últimas finais rumo ao assalto aos três primeiros lugares que podem dar acesso à subida de divisão.

Naturalmente atento a todos os pormenores, Rui Ferreira quererá também aumentar os índices de concentração defensiva dos seus jogadores, já que somar uma jornada sem sofrer golos também será um passo importante para a conquista dos três pontos diante dos poveiros.
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Feirense

Notícias

Notícias Mais Vistas