André Castro despede-se de Tiago Fernandes: «Chegaste como treinador, saíste como um amigo»

Presidente da SAD publicou texto emocionado nas redes sociais

• Foto: Direitos Reservados

A passagem de Tiago Fernandes pelo Leixões durou cinco jornadas, mas foi marcante para André Castro. O presidente da SAD do emblema de Matosinhos publicou um texto nas redes sociais a despedir-se do treinador, que deixou o comando técnico da equipa após o empate do último domingo no terreno do Ac. Viseu.

"Chegaste como treinador, saíste como um amigo. Infeliz, os resultados não nos acompanharam e, no futebol, a corda rompe (quase) sempre pelo treinador. Não foste feliz cá, mas tenho a certeza que o serás numa nova casa. A tua qualidade assim o obriga. Um abraço e até breve, amigo Tiago Fernandes", escreveu o dirigente máximo da sociedade desportiva leixonense.

O técnico, de 39 anos, respondeu: "É recíproco, André Castro, foi bom o futebol ter-me levado até ati, continuaremos eternamente ligados. Abraço, 'Boss'!"

Leia a publicação de André Castro na íntegra:

"Chegaste como treinador, saíste como um AMIGO. Não foste uma escolha minha, mas rapidamente te aceitei como o meu treinador. Em poucos dias, verifiquei que a imagem que passa(ra)m de ti na opinião pública não corresponde, minimamente, à verdade. Aqui, no Leixões, foste sempre um exemplo de profissionalismo, dedicação e lealdade notáveis. Mesmo quando as coisas não correram bem. A sorte não te acompanhou. Não nos tem acompanhado. A isso, juntou-se a pressão inerente a treinares um clube grande, como o Leixões, com adeptos muito exigentes.

Mais a frio, e colocando a emotividade de parte, considero que muitas das críticas que foste alvo são injustas. Continuas a pagar por umas declarações feitas, há uns bons anos, num momento de grande exultação e que, quando as coisas não correm de feição, servem facilmente como arma de arremesso. Contudo, quem privou contigo sabe perfeitamente que não és assim. Soubeste ouvir, da administração ao homem da relva, e fizeste jorrar lágrimas de tristeza quando saíste do Mar. Inclusive nos jogadores, que sempre manifestaram apreço e estima por ti. Quem privou contigo sabe o excelente ser humano e treinador que és. Infelizmente, os resultados não nos acompanharam e, no futebol, a corda rompe (quase) sempre pelo treinador. Não foste feliz cá, mas tenho a certeza que o serás numa nova casa. A tua qualidade assim o obriga. Um abraço e até breve, amigo Tiago Fernandes", pode ler-se.

Por Ruben Tavares
13
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas