André Castro e o fim da 2ª Liga: «Para alguns clubes seria incomportável continuar»

Diretor desportivo do Leixões comentou a decisão de se terminar o campeonato

• Foto: DR Record

Poucas horas depois do anúncio do fim da 2ª Liga, vários elementos relacionados com o Leixões estiveram em direto na Rádio Cidade de Matosinhos. André Castro, diretor desportivo dos matosinhenses, assumiu que a decisão, de certa forma, é compreensível.

"De acordo com as palavras do Primeiro Ministro, os clubes da 1ª Liga tem condições que os clubes da 2ª Liga não conseguem ter. É também referido que os clubes vão ser obrigados a estar confinados em hóteis durante 40 dias e a fazer testes com frequência. Para alguns clubes da 2ª Liga, seria incomportável continuar desta forma, há muita despesa associada. Para além disto, acho que a competição só vai ser disputada nos estádios onde se jogou o Euro 2004, são os recintos que oferecem condições. Em termos de relvado seria difícil aguentar-se tantos jogos, se calhar é uma decisão sensata. Não vamos receber um terço do que tínhamos programado: direitos televisivos, publicidade e lugares anuais. Está aqui um problema que temos de resolver", explicou o dirigente.

Revelando que este período vai ser bom para que o plantel seja construído de forma tranquila (sem recorrer a empréstimos) e que Gonçalo Franco pode ser vendido no fim da temporada, André Castro abordou ainda a questão das subidas e descidas da 2ª Liga: "Pelo que se tem falado, penso que sobem o Nacional e o Farense e não desce ninguém. Pelo que ouvimos hoje, a Federação não se quer meter nessa questão, quer que seja a Liga a decidir".

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0