André Castro e o futuro do Leixões: «Temos de ter sempre em conta o processo 'Jogo Duplo'»

Presidente da SAD, em entrevista, aborda vários outros assuntos, entre os quais a continuidade de José Mota

• Foto: José Reis/Movephoto

Terminada a temporada do Leixões, André Castro, presidente da SAD do emblema de Matosinhos, concedeu uma entrevista aos meios oficiais da sociedade desportiva, em jeito de balanço sobre a temporada 2020/21, projetando igualmente o futuro do futebol profissional leixonense.

"Não só na próxima época, mas em termos futuros, temos de ter sempre em conta o processo ´Jogo Duplo´. Enquanto essa decisão não for conhecida, podemos prometer que nenhum sócio do Leixões, com as quotas em dia, pagará para ver os jogos em casa. Isso é ponto assente. Depois, estamos a desenvolver um projeto para fazer com que Matosinhos seja sinónimo de Leixões e vice-versa. Voltar a aproximar o clube da cidade, escolas, instituições, etc. Estamos, também, a trabalhar na criação de um novo órgão consultivo, com várias figuras da cidade e do Leixões, bem como um departamento de mística. Teremos de voltar a ser, reconhecidamente, a bandeira da cidade. Pretendemos que o projeto de marketing seja trabalhado em conjunto com o clube para criar uma marca muito forte", afirma André Castro.

O líder da SAD do Leixões confirmou ainda que José Mota vai continuar a orientar a equipa principal, cumprindo o contrato assinado até 2022. André Castro faz ainda um balanço "positivo" da época que agora finda, marcada por um "desinvestimento" global no plantel.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.