Ausência de André Teixeira pode valer queixa na FIFA

Defesa não se apresentou no regresso ao trabalho

• Foto: Pedro Alves

O presidente da SAD do Leixões, Paulo Lopo, admitiu esta segunda-feira recorrer à FIFA depois do defesa André Teixeira ter falhado o início da época do clube da 2.ª Liga, afirmando desconhecer o seu paradeiro.

Em declarações no dia em que o plantel do Leixões iniciou a preparação da nova época, Paulo Lopo afirmou que o jogador "não se apresentou para realizar os exames médicos, nem para o início dos treinos", atitude que vai ditar a "abertura de um processo disciplinar de averiguação".

"Ele tem mais um ano de contrato com o Leixões e uma cláusula de 500 mil euros", sublinhou o líder da SAD, que prometeu "avançar com uma queixa para a FIFA" caso venha a confirmar-se a saída do jogador.

Paulo Lopo deu conta ainda de "tentativas de o contactar por telemóvel" e que, "pelo toque, ele está no estrangeiro".

Com 16 reforços assegurados para a nova época, o administrador admitiu a "chegada de mais dois ou três jogadores" a um plantel que terá "no máximo, 26", revelando ainda a intenção de criar uma equipa B do Leixões.

Sem revelar valores, Paulo Lopo afirmou que o orçamento para 2017/18 "sofreu um aumento de 50% em relação ao anterior" e apelou "às forças vivas da cidade" para que apoiem o Leixões.

"O relvado do Estádio do Mar vai ser vistoriado na terça-feira, para depois sofrer uma intervenção a fim de ser melhorado", anunciou ainda Paulo Lopo que, sobre a nova época desportiva, alinha com o treinador Daniel Kenedy.
"A subida não é o objetivo, queremos é fazer um trabalho gradual que nos permita cimentar na 2.ª Liga e só então poder pensar em mais altos voos", sintetizou.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.