A SAD do Leixões, que milita na 2.ª Liga, anunciou esta quarta-feira a saída do vice-presidente Rodolfo Laranjo, responsável pelo futebol nas últimas duas temporadas, por motivos profissionais e pessoais.

No comunicado publicado na página oficial da SAD no Facebook, é referido que "Rodolfo de Mello Laranjo, braço direito do presidente Paulo Lopo na Leixões SAD, deixou o cargo de vice-presidente da sociedade no passado domingo".

A nota de imprensa acrescenta que o "homem forte do futebol leixonense nas duas últimas épocas apresentou como razões para a sua saída o desejo de abraçar um novo projeto, bem como motivos pessoais que o obrigam a passar mais tempo em Cascais, zona onde reside e de onde é natural".

Apesar da saída, Rodolfo Laranjo vai manter uma ligação à SAD, passando a partir desta semana a ser conselheiro da direção.

Com a saída do vice-presidente, a SAD do Leixões passa a ser constituída apenas pelos dois administradores: Paulo Lopo (presidente) e Nuno Fernandes (vogal).

Autor: Lusa