Subida como meta num mar animado

Paulo Lopo enche-se de esperança para a nova época. Carlos Pinto quer a qualidade do “costume”

• Foto: José Reis / Movephoto

Início de uma nova viagem no Mar e desta vez o objetivo declarado é embarcar rumo à subida. Será este o ano do Leixões? "Espero bem que sim", respondeu, prontamente, Paulo Lopo, presidente da SAD matosinhense.

"É um ano em que tenho muita esperança. Temos uma excelente equipa técnica, um ótimo plantel, escolhido em parceria com o míster. Temos um relvado bom, bem preparado. Pode ser o ano do Leixões, sem dúvida", afirmou, ontem de manhã, o líder da sociedade desportiva dos leixonenses, atento ao primeiro treino do grupo. "A espinha dorsal está montada. Vamos ficar com 23 jogadores. Há aqui jogadores com perfil e personalidade para jogar pelos sub-23", acrescentou ainda o dirigente, tomando atenção às camadas jovens.

Já Carlos Pinto mostra saber muito bem qual o caminho para levar o Leixões até à 1ª Liga uma década depois. "O objetivo nunca é do Carlos Pinto. É sempre do clube onde trabalhamos. Temos qualidade, mas o mais importa é dar continuidade ao trabalho. Vamos trabalhar numa nova ideia de jogo, que passa pelo costume: jogar em 4x4x2, uma equipa ofensiva, que gosta de ter a bola e pratica um futebol de qualidade", acentuou.

João Graça é o 10.º reforço

O médio João Graça é o mais recente reforço de dez já garantidos. O ex-Oliveirense já se treinou ontem. Stefanovic ainda está a resolver a desvinculação com o Arouca e deve ser anunciado nos próximos dias.

Por Ruben Tavares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Leixões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.