Crença na fuga em ida à cadeia

O capitão Rui Correia está confiante no triunfo sobre o Feirense de modo a recuperar na tabela

• Foto: Rui Silva

Um grupo de jogadores do Nacional deslocou-se ontem ao Estabelecimento Prisional do Funchal onde proporcionou umas horas diferentes a alguns reclusos. Rui Correia, Tiago Rodrigues, Jota, Rodrigo Alírio e Framelin foram os elementos do plantel que participaram em momentos de convívio com a população reclusa, com o ponto alto a ser uma partida de futebol que ofereceu momentos animados.

Rui Correia, capitão dos alvinegros, foi o porta-voz da comitiva e destacou a importância da visita. "Estas iniciativas são boas para ajudar à integração social dos reclusos. Permitem que tenham um dia diferente e que percebam que há vida lá fora, para além daquela que têm neste momento cá dentro. Esperamos, sinceramente, que tenham tido um dia melhor com a nossa presença aqui", referiu.

O central, de 26 anos, falha o jogo com o Feirense devido a castigo, mas deixou uma mensagem ao grupo. "Não posso estar presente no campo, mas estarei na bancada a torcer. Peço aos adeptos que encham a Choupana porque todos juntos seremos mais fortes", sublinhou, acrescentando: "Esperamos ganhar pois há muito tempo que merecemos somar três pontos."

Entretanto, Jokanovic debate-se com um problema acrescido no eixo defensivo. Tobias Figueiredo é o único central disponível (ao castigo de Rui Correia junta-se a lesão de César). Assim, o técnico deverá ter de improvisar uma solução para compor o sector mais recuado da equipa.

Por Emanuel Pestana
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas