Nacional-Chaves, 3-0: domínio madeirense sem contestação

Insulares começam campeonato com vitória sobre flavienses

O Nacional venceu este sábado em casa o Chaves, por 3-0, com golos de Brian Róchez, João Camacho e Brayan Riascos, numa segunda parte 'demolidora' do primeiro jogo da edição de 2019/20 da 2.ª Liga.

Num embate entre duas das equipas despromovidas ao segundo escalão, o Chaves superiorizou-se na fase inicial da partida, criando alguns lances perigosos para a baliza do Nacional, mas caiu de rendimento na segunda parte.

Platiny, aos seis e 15 minutos, e Costinha, aos 11, ameaçaram a baliza dos madeirenses, mas Daniel Guimarães superiorizou-se aos transmontanos.

A partir daí o jogo entrou numa toada de maior equilíbrio, até que o Chaves voltou a visar a baliza insular, aos 28, numa iniciativa individual de Costinha que culminou com um remate que passou junto ao poste.

Após o intervalo, o Nacional regressou mais agressivo e, aos 48 minutos, Brayan Riascos, de forma quase involuntária, esteve perto de adiantar o Nacional no marcador.

O mesmo jogador, 11 minutos depois, viria a assistir Bryan Róchez para um remate colocado, fora do alcance do guarda-redes Ricardo, para o primeiro golo da 2.ª Liga.

O Nacional cresceu com o golo e ampliou a vantagem, aos 63, por João Camacho, a passe de Jota, que pressionou os transmontanos na lateral.

Costinha, um dos protagonistas dos lances perigosos do Chaves, foi expulso, por acumulação de cartões amarelos, aos 75, dificultando, ainda mais, a tarefa da formação comandada por José Mota.

O Nacional aproveitou e, pouco depois, aos 77, dilatou a vantagem, por Brayan Riascos.

O Desportivo de Chaves acabou o jogo reduzido a nove jogadores, na sequência da lesão de André Luís.

Jogo no Estádio da Madeira, no Funchal.

Nacional - Chaves, 3-0

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, Bryan Róchez, 59 minutos.
2-0, João Camacho, 63.
3-0, Brayan Riascos, 77.

Equipas:

- Nacional: Daniel Guimarães, Kalindi, Júlio César, Rui Correia, Witi, Alhassan, Rúben Micael (Nuno Borges, 84), Jota, Brayan Riascos, João Camacho (Kenji Gorré, 71) e Bryan Róchez (Pedro Perotti, 82).

(Suplentes: Gauther, Nuno Campos, Diogo Coelho, Pedro Perotti, Kenji Gorré, Nuno Borges e Káká).

Treinador: Luís Freire.

- Chaves: Ricardo, Jean Felipe, Hugo Basto, Diego Galo, José Gomes, Jefferson (André Luís, 64), Gamboa, Costinha, João Teixeira, Wagner (João Paredes, 65) e Platiny (Carlos David, 78).

(Suplentes: Igor, André Luís, João Paredes, Carlos David, Rafael Viegas, Calasan e Tanko).

Treinador: José Mota.

Árbitro: Gustavo Correia (AF Porto)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para João Teixeira (21), Alhassan (23), Wagner (53), Rui Correia (56), Costinha (58 e 75) e Rúben Micael (74). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Costinha (75).

Assistência: cerca de 450 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.