'Refeição' caiu mal a Manuel Machado e Rui Vitória

Relação complicada entre ambos desde a mudança no banco do V. Guimarães em 2011

• Foto: Luis Manuel Neves

O verniz estalou pela primeira vez em setembro de 2011. Após três derrotas seguidas - na primeira jornada do campeonato e no playoff de acesso à Liga dos Campeões - a então direção do V. Guimarães decide proceder a uma mudança no cargo de treinador. Manuel Machado é despedido, mas não sai a bem e dispara em várias direções, em declarações à RTPN.

"Antes mesmo de sair já havia um compromisso entre a direção e o treinador no sentido de me substituir", atirou, referindo-se a Rui Vitória, que deixaria o Paços de Ferreira para se tornar o novo técnico dos vimaranenses. "Quem cozinha estas porcarias não pode conviver comigo", acrescentou ainda.

O agora técnico do Benfica mostrou-se surpreendido com tais afirmações, até porque garantia que ambos "demonstraram disponibilidade" para conversar e efetivar a passagem de testemunho. Vitória lamentou o sucedido e frisou que nada passaria a ser como antes: "É uma pessoa que eu respeitava. Sempre o admirei e acompanho o seu trajeto há muitos anos. Tenho a consciência perfeitamente tranquila. Até se retratar, deixarei de ter consideração por ele."

Diferendo persiste

Já esta época, Vitória e Machado voltaram a estar em bancos opostos. Depois do triunfo no jogo da Taça CTT ter sorrido às águias na Luz, o treinador do Nacional lançou novas críticas . "Os adeptos do Benfica estão de parabéns. Com tão pouco futebol, são tão alegres, vibram e apoiam tanto. Parece que ganharam ao Manchester ou ao Liverpool." Vitória não quis responder, isto já depois da notada ausência de um cumprimento público entre os intervenientes.

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.