Rui Alves queixa-se à FIFA

Em relação ao empresário Fabiano Carpegiani

• Foto: Lusa

Rui Alves, presidente do Nacional, vai apresentar uma queixa junto da FIFA em relação ao empresário Fabiano Carpegiani por alegado incumprimento deste na transferência do extremo Murilo para o Sp. Braga. Em declarações ao portal brasileiro Futebol Interior, o dirigente foi direto. "Fabiano Carpegiani não pagou os 30% a que o Nacional tinha direito na transação do jogador. É uma atitude lamentável e sem qualquer explicação. Isso é algo semelhante a um roubo. Por isso, vamos avançar para a FIFA", frisou, determinado.

Segundo as contas de Rui Alves, o clube da Choupana tinha direito a receber uma verba de 120 mil euros, ou seja, 30 por cento dos 400 mil euros pagos pelos bracarenses pelo jogador, que rumou ao Minho depois de uma época em grande na 2ª Liga (14 golos em 41 jogos), ajudando os alvinegros a subir.

"Esse dinheiro não foi transferido, pelo que agora o Nacional vai procurar a FIFA", reiterou o presidente do clube madeirense, segundo o qual o Sp. Braga pagou mais três parcelas de 100 mil euros a Fabiano Carpegiani.

Por Emanuel Pestana
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.