Record

Vítor Oliveira: «Custa muito ver resultados falseados»

Técnico dos castores acusa o Estoril de ter ganho "quatro pontos que não são legítimos"

• Foto: Carlos Gonçalves
O P. Ferreira ficou indignado pela arbitragem do Oliveirense-Estoril, na noite de sexta-feira, onde um penálti polémico sobre Kléber, assinalado pelo árbitro aveirense João Pinho, foi determinante para o triunfo dos canarinhos.

Os castores já vinham mostrando alguma preocupação em relação ao trabalho dos árbitros na 2ª Liga, nomeadamente pela voz do presidente Paulo Meneses, mas agora coube ao técnico Vítor Oliveira dar um murro na mesa com um alerta contundente.

"Parece que o Estoril já foi campeão, que o Famalicão já está lá em cima, e que o P. Ferreira não conta. Vamos estar atentos. Podemos até vir a apresentar imagens de jogos anteriores que valeram pontos. O P. Ferreira merece consideração. Pugnamos pela verdade desportiva. Custa muito ver resultados falseados. Ainda vamos na 1ª volta, mas temos uma tabela classificativa está perfeitamente adulterada. Não só em prejuízo do P. Ferreira, mas também do Farense ou da Oliveirense.", asseverou.

O emblema da Capital do Móvel queixa-se ainda de ter sido prejudicado contra o FC Porto B, considerando que o Estoril já tinha sido favorecido na receção ao Farense. "Basta verem as transmissões televisivas. Este jogos são um motivo de grande preocupação para toda a gente. Para quem não percebe isto eu vou explicar rapidamente: o Estoril conquista quatro pontos que não são legítimos. O penálti com a Oliveirense não existe e ganhou ao Farense com um golo em fora-de-jogo. Associado ao ponto que nos tiraram frente ao FC Porto B, são cinco pontos de diferença em duas jornadas. É extremamente significativo e preocupante para quem gosta de um futebol sério ", vincou o treinador de 65 anos.

"Não vamos tolerar este tipo de situações. Não podemos continuar a assobiar para o lado. Queremos um campeonato sério. Há três equipas com alguma vantagem, pelo que é preciso mais critério com as nomeações. Temos de ter cuidado. Não podemos apanhar jovens inexperientes. Não duvido que não há intenção dos árbitros em errar, mas surgem pressões e tensões que provavelmente não ocorreriam com juízes de maior experiência e qualidade. Na 1ª Liga temos o VAR, que é um contributo importantíssimo e permite que os erros sejam corrigidos de imediato. Na 2ª Liga não há VAR, pelo que têm de ser nomeados os melhores árbitros. É importante para o desenvolvimento e credibilidade do futebol. Quando descredibilizamos o futebol estamos a justificar que as pessoas não venham aos estádios. Não se pode vender a imagem que é tudo bom quando, afinal, vamos ver que os resultados são falseados. No futebol não deve haver beneficiados ou prejudicados. Precisamos de credibilizar o futebol. Toda a gente deve pugnar para que haja justiça e os jogos sejam bons. Já fomos ao Estoril, perdemos e não contestámos nada. Tal como quando perdemos com o Famalicão. Não teve nada a ver com as arbitragens. Agora, nestes casos, há que dar a cara. Da parte do P. Ferreira, mas sobretudo dos responsáveis da arbitragem, que em assuntos de lana caprina pronunciam-se mas depois, em questões importantes, assobiam para o lado. É importante que a classificação traduza aquilo que as equipas produzem dentro das quatro linhas", disparou ainda Vítor Oliveira.

Os pacenses visitam este domingo o Académico Viseu e estão a três pontos do líder Famalicão e a dois pontos do Estoril com dois jogos em atraso.
Por Vítor Pinto
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas