Bruno Moreira confiante em bater o AC Milan: «Somos capazes de alcançar o sonho»

Avançado quer selar o acesso à fase de grupos da Liga Europa

• Foto: Lusa
O Rio Ave discute amanhã à noite, em Vila do Conde, o  jogo de playoff e consequente acesso à fase de grupos da Liga Europa perante o mediático AC Milan. Nome sonante do futebol europeu, contudo, sem reflexos na ambição dos vila-condenses em conquistar o apuramento que têm vindo alimentar depois de já terem ultrapassado os bósnios do Borac e os turcos do Besiktas, respetivamente na 2ª e 3ª pré-eliminatória da competição.

"É um jogo especial para todos, porque garante o apuramento para a Liga Europa e por ser frente a um nome sonante, mas estamos a preparar o jogo de maneira tranquila. Da mesma forma que encaramos todos os outros encontros que disputámos", começou por referir o avançado Bruno Moreira, para logo de seguida dar corpo às aspirações de todo o grupo: "Estamos perante um sonho e estamos quase. Também sabemos que vamos defrontar uma excelente equipa, mas todos acreditamos que somos capazes de alcançar o sonho".

Foco num desfecho positivo que Bruno Moreira espera consumar graças ao estilo positivo que o Rio Ave tem vindo a demonstrar nos últimos anos.

"Estamos numa casa que nos últimos anos habituou o público a vibrar com resultados e bom futebol . O Rio Ave já alcançou a fase de grupos da Liga Europa por uma vez e se conseguirmos a segunda seria um feito histórico, porque significaria que vencemos um nome emblemático, como é o AC Milan", defendeu o avançado vila-condense, convicto na determinação gerada no balneário: "Muito daquilo que vai acontecer irá passar pelo nosso estilo e determinação. Eles têm grandes jogadores, mas acredito muito naquilo que podemos fazer na perspectiva de vencer o encontro".

CASO MATHEUS

Bruno Moreira não se pronunciou sobre os motivos que levaram o companheiro Matheus Reis em recusar-se a jogar frente ao V. Guimarães, na última jornada do campeonato, mas defendeu a posição do presidente António Silva Campos, que decidiu afastar o lateral esquerdo dos trabalhos com o grupo na sequência do imbróglio.

"O que aconteceu com o Matheus não tocou o plantel em absolutamente nada. É uma questão que está a ser resolvida internamente e o nosso presidente saberá o que tem de fazer", justificou Bruno Moreira.
Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas