Filipe Augusto: «Quero crescer ainda mais no futebol»

Médio do Rio Ave, que já passou pelo Valencia e Benfica, não coloca de parte a hipótese de novos horizontes na carreira

• Foto: Nuno Fonseca / Movephoto

Filipe Augusto esteve esta tarde a responder a várias perguntas dos adeptos do Rio Ave. O médio brasileiro procurou ser o "mais claro possível" e deixou uma mensagem para que as pessoas "sejam positivas", procurando ultrapassar este momento "difícil para todos". Filipe Augusto não deixou ainda de agradecer a todos os profissionais de saúde que estão "na linha da frente ao combate a esta pandemia". "Muito obrigado a todos vocês pelo trabalho que estão a fazer, em meu nome e da minha família, bem como de todos os agentes do futebol e a família do Rio Ave", registou o brasileiro para finalizar o vídeo em que respondeu a inúmeras questões.

Aqui ficam algumas delas:

- Espera ficar ainda muitos anos no Rio Ave?
- Claro que gostaria de passar muito mais tempo no Rio Ave, porque é um clube onde me sinto muito bem e em casa, mas como todos os jogadores tenho as minhas metas e os meus sonhos. Assim como este clube tem crescido muito nos últimos anos, também eu quero crescer ainda mais no futebol. Ir para outros países e jogar noutros clubes faz parte da nossa carreira. Por isso nunca posso afirmar de forma concreta quantos anos mais vou continuar no Rio Ave, mas é um clube onde passaria muitos anos e sem problema algum com isso. Disso tenho a certeza.

- O que sente pelo Rio Ave?
- Sinto-me muito bem a jogar no Rio Ave. Foi o meu primeiro clube a jogar na Europa. Desde o primeiro dia, fui muito bem acolhido, tanto eu como a minha família. É muito bom o clube e também a cidade. Aliás, o facto de ter voltado ao clube já diz muito da forma como o sinto.

- Como é que manteve a forma durante esta fase?
- Com a ajuda de todos os profissionais do Rio Ave e aproveito para agradecer a grande ajuda que deram a todos os jogadores. O Rio Ave passou-nos um plano semanal de treinos físicos para que todos não perdessem a condição física e fomos cumprindo isso. Claro que agora será diferente, mas deu para manter a forma.

- Considera-se uma pessoa positiva?
- Claro que sim. Ao longo da vida vamos criando a maturidade suficiente para isso com as dificuldades que vamos enfrentando. É muito importante sermos positivos, pois isso vai fazer com que a vontade de passar por cima das dificuldades seja mais leve e isso torna-nos mais fortes. Já passei por várias dificuldades e passei por isso quando sofri a lesão grave num joelho e assumi isso. Fiquei ainda mais positivo durante esse processo e acho que fiquei mentalmente mas forte. Neste momento de pandemia é importante as pessoas serem também positivas e que não olhem para as notícias com medo e de uma forma negativa. Ser positivo tira ansiedade nestas situações.

Por António Mendes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas