Miguel Cardoso: «Temos de perceber que vamos precisar de pontos»

Treinador do Rio Ave reconhece situação delicada na luta pela permanência

• Foto: Lusa/EPA

O Rio Ave perdeu esta terça-feira (1-0) na visita ao Santa Clara e aumentou para 10 a série de jogos consecutivos sem ganhar. Os vila-condenses continuam em risco de despromoção e o técnico Miguel Cardoso admite que a situação é delicada, à entrada para as últimas duas jornadas. 

"Infelizmente acumulámos muitos resultados que nos dão muitos poucos pontos. Empatar jogos dá poucos pontos, três empates são o mesmo que uma vitória. Hoje não queríamos de forma alguma perder, queríamos jogar para ganhar e a atitude da equipa em termos daquilo que foi o foco, foi permanente na procura da vitória. As coisas não estão fáceis em termos de emocionalmente acontecerem. Noutros contextos, nas oportunidades de golo que temos faríamos golo e depois logo o momento emocional seria diferente. Temos de continuar a trabalhar e acreditar. Falta muito pouco tempo para o final da liga. Temos de ser realistas naquilo que é nossa abordagem. Temos de perceber que vamos precisar de pontos", afirmou Miguel Cardoso, em conferência de imprensa. 

Análise ao jogo de hoje

"Um golo trouxe um acréscimo emocional pesado, que aparece num lance, um erro que efetivamente nos penaliza na energia que trazíamos para a segunda parte. Sentimos que na segunda parte podíamos beneficiar de algumas questões, nomeadamente porque na primeira parte lutamos contra o vento.Depois foi correr atrás do prejuízo, quando se estão em situações como aquela que vivemos, obviamente que os golos têm um impacto maior. Foi preciso ser resiliente ir à procura de meter gente fresca, gerir os contextos de jogo através de algumas alterações, para também eventualmente conseguir desbloquear a organização defensiva do Santa Clara."

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Guga tem o radar

Médio leva quatro assistências e já deixou para trás o recorde pessoal a este nível

Notícias

Notícias Mais Vistas