Nuno Capucho: «Não vamos sequer tentar arranjar desculpas»

Técnico diz que equipa está preparada para o desafio

• Foto: Amândia Queirós 

Quinta-feira, em Praga, o Rio Ave dá o pontapé de saída para a nova temporada - diante do Slavia local -, num duelo que também marcará o regresso dos vilacondenses às lides europeias. Na antevisão a esta partida, Nuno Capucho diz-se preparado para o desafio, ainda que admita que os checos, na sua opinião, tenham qualidade.

"O Slavia é uma equipa que joga bem, tecnicamente evoluída e que aproveita bem as transições rápidas. Sabemos que será difícil. Vamos jogar num estádio com excelentes condições, com muito público e isso é bom para nós. Gostamos de ambientes assim. Quem quer chegar à fase de grupos tem de estar preparado para estas dificuldades e estamos prontos para ganhar aqui amanhã", começou por apontar.

Questionado por um jornalista checo sobre a altura em que jogava no FC Porto, onde defrontou duas vezes o Sparta de Praga (ganhou uma e perdeu outra), o técnico admite que na sua memória ainda estão esses encontros. "Lembro-me disso. Essa equipa do Sparta era a imagem fiel do futebol checo: técnico e físico, eram jogos sempre complicados. Mas o FC Porto entrava sempre para ganhar e é esse o espírito que quero incutir na minha equipa", considerou.

A finalizar, Capucho abordou o facto de o Slavia já ter iniciado a sua pré-temporada de forma oficial há algum tempo, mas assegura que o seu plantel estará preparado para o desafio. "Já sabemos que os calendários são assim. Não vamos sequer tentar arranjar desculpas, preparados para as dificuldades. Gostamos de dificuldades. Só assim se pode competir a este nível", finalizou.

Por José Miguel Machado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas