Comunicado do clube aponta erros de arbitragem que custaram nove pontos

Nota pede "verdade desportiva"

• Foto: Hugo Monteiro

A Oliveirense (UDO) considerou este sábado em comunicado que deveria ter mais nove pontos na 2.ª Liga, pedindo "verdade desportiva e "igualdade de circunstâncias" entre as várias equipas.

O conjunto de Oliveira de Azeméis diz que "são vários os exemplos" de erros de arbitragem que penalizaram a equipa, considerando que em "uma classificação séria e sem interferências de arbitragem a UDO teria hoje 21 pontos".

Este comunicado surge um dia depois da derrota em casa com o Estoril Praia (1-0), em que a Oliveirense considera que perdeu devido a "uma simulação de Kléber que enganou a equipa de arbitragem de João Pinho".

"Os jogadores e treinadores estão revoltados e os adeptos incrédulos. Não podemos conter a nossa apreensão. Não nos empurrem", pede o clube, que lembra o "investimento avultado" feito pela equipa, que está atualmente na 16.ª e antepenúltima posição, com 12 pontos.

A Oliveirense diz que quer "as melhores condições para os árbitros", mas também quer "o melhor de cada um deles".

"Nós desejamos a dedicação de todos, a aplicação de cada um nas suas tarefas e a consciência de que damos o máximo. Estamos expectantes sobre o futuro. Estamos preocupados e não podemos ser condicionados pelos caprichos de quem decide. Seremos zelosos da modalidade e vigilantes jornada após jornada. Reiteramos a nossa meta: estamos neste campeonato para vencer jogo após jogo", concluiu o clube.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de UD Oliveirense

Notícias

Notícias Mais Vistas