Oliveirense iniciou hoje a pré-época para a temporada 2019/20

Neste momento, o treinador Pedro Miguel conta com 21 jogadores

• Foto: Facebook UD Oliveirense

A Oliveirense começou esta segunda-feira a preparar a terceira temporada consecutiva na Segunda Liga, com o treinador, Pedro Miguel, a apontar o regresso ao Estádio Carlos Osório como "um bom reforço" para a "consolidação" no campeonato.

"O nosso objetivo é fazer um início da época semelhante ao da segunda volta do ano passado, em que fomos das quatro equipas mais pontuadas. Mas não é uma prova de velocidade, é de regularidade e esperamos ser felizes nas 34 jornadas mais rapidamente do que fomos no ano passado", afirmou.

Não escondeu que o regresso a Oliveira de Azeméis pode ajudar a equipa, que, desde que regressou ao segundo escalão do futebol português, tem atuado no Estádio Municipal de Aveiro.

"O estádio vai ser um bom reforço a juntar aos jogadores que estão no plantel e que vamos contratar. Será importante e estamos ansiosos por regressar a Oliveira de Azeméis e termos os nossos adeptos mais perto, para todos juntos fazermos um campeonato melhor que a época passada", sublinhou.

Apesar de a equipa poder vir a contar com o Estádio Carlos Osório, este estará indisponível nas primeiras jornadas devido a obras.

No mês passado, o presidente oliveirense, Horácio Bastos, disse que o orçamento do plantel teria de ser reduzido devido às obras, mas vincou que o clube "não está obrigado a vender", uma ideia partilhada pelo treinador, que afiançou que "se sair alguém é porque será um bom negócio para a Oliveirense".

"O nosso plantel está incompleto, estamos carenciados em algumas posições. Estamos atentos ao mercado, se surgirem boas oportunidades de negócio e bons jogadores, a direção vai fazer o esforço no sentido de contratar e colmatar essas baixas", afirmou.

Neste momento, o plantel da Oliveirense conta com 21 jogadores, sendo que o guarda-redes Bruno Vale (ex-Apollon Limassol, Chipre) e Leandro Silva (ex-Felgueiras) são entradas, e Filipe Gonçalves, Júlio Coelho e Oliveira renovaram o contrato com o clube.

Outros 13 jogadores transitam da época passada: os defesas Alemão, Wellington e Sérgio Silva, os médios Diogo Clemente, Paraíba e Miguel Silva e os atacantes Marcos Júnior, Fati, Serginho, Agdon, Mohamed Bouldini e Cláudio Silva.

Além destes, a Oliveirense recorreu à formação e juntou quatro jovens na pré-época, os defesas Duarte Silva e Fostino Manga, o médio Pedro Ferreira e o extremo José Sacra.

Sairam Félix Mathaus (Académico de Viseu), Ricardo Tavares (Estoril-Praia) e Diogo Sousa regressou ao Vitória de Setúbal.

Kadu, Manuel Godinho, Boukassi Mehdi, João Graça, Sérgio Ribeiro, Diogo Valente e Erick Moreno terminaram o contrato com o clube.
A 06 de julho, a Oliveirense defronta o Sporting de Braga no seu primeiro jogo de preparação, e, no dia 10 de julho, é anfitriã do Paços de Ferreira, recém-promovido à Liga NOS, em Cesar.

No dia 13, o conjunto da Segunda Liga joga em casa do Recreio de Águeda, no dia 17 recebe o Tondela e apresenta-se diante dos sócios no dia 20, com o Moreirense.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de UD Oliveirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.