Ricardo Fernandes: «Temos condições para dar continuidade ao bom trabalho da época passada»

Novo diretor desportivo da UD Oliveirense quer evitar “repetir azares de outros anos”

• Foto: Instagram/UD Oliveirense
Poucos dias depois de assumir o cargo de diretor desportivo da UD Oliveirense, Ricardo Fernandes, antigo jogador que foi campeão europeu pelo FC Porto em 2004, falou ao meios do clube sobre as suas expectativas para o projeto que agora abraça.

"Sinto-me confiante. Acho que temos muitas condições para dar continuidade ao bom trabalho que se fez na época passada, que não era um ano fácil, depois uma época menos boa. Conseguiu-se voltar rapidamente às ligas profissionais e vamos tentar que não se voltem a repetir azares de outros anos. O projeto parece-me muito estável e que nos dá outra facilidade para trabalhar, sempre com muita ambição, mas com os pés assentes na terra", começou por dizer o dirigente, antes de salientar a vontade de "construir uma base entre a SAD, o clube e a cidade".

Antes de chegar à Oliveirense, o antigo médio desempenhou funções semelhantes no Felgueiras 1932, experiência da qual retirou ensinamentos. "Não era um projeto fácil, com muitas condicionantes financeiras, e levou-me a acreditar cada vez mais que não é preciso muito da parte financeira para se conseguir fazer um bom trabalho. Demos oportunidade a muita gente jovem e hoje temos já alguns a jogar na 1ª Liga, como o Nuno Lima e o Luís Bastos no P. Ferreira", explicou, manifestando a vontade de fazer algo semelhante em Oliveira de Azeméis.

"Queremos transportar isso para aqui também, queremos uma equipa com jovens talentos, que possa ser ajudada por uma base mais experiente, para que em conjunto consigamos fazer com que os miúdos tenham um espaço onde possam jogar, aparecer e valorizar-se e que no final toda a gente ganhe com isso, sobretudo no plano desportivo. O mais importante é manter o clube a crescer e a subir, patamar a patamar, com consistência."

Finalmente, Ricardo Fernandes teceu também vários elogios ao treinador Fábio Pereira. "É um treinador que ajuda a que o entusiasmo dos adeptos se mantenha e que passe para a equipa. É um treinador que trabalha de forma positiva, que gosta de ganhar, de jogar para a frente e isso ajuda a que o estádio acabe por empurrar a equipa, porque percebe que se joga futebol mais agradável", frisou.
Por Marques dos Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de UD Oliveirense

Notícias

Notícias Mais Vistas