Guardião Paulo Vítor "muito feliz" pelo invulgar golo marcado ao Penafiel

Jogador do Varzim admite que a intenção inicial "era meter a bola no Diogo Ramos"

• Foto: MoveNotícias

O guarda-redes Paulo Vítor, que marcou este domingo um golo na partida em que o Varzim venceu o Penafiel, na 5.ª jornada da 2.ª Liga, admite que ficou surpreendido pelo que aconteceu mas confessou que durante a semana treina este tipo de lances.

"Durante a semana trabalhamos este tipo situações que podem acontecer nos jogos, e, graças a Deus, surgiu este golo e fico feliz por poder ajudar a equipa", adiantou o guardião à agência Lusa, reconhecendo que teve alguma felicidade no lance, pois a intenção inicial "era meter a bola no Diogo Ramos".

O jogador brasileiro, de 28 anos, que cumpre a terceira época no emblema poveiro, apontou o segundo golo da sua equipa, num triunfo por 3-0, num remate de baliza a baliza, após a marcação de um pontapé livre na sua área. Mas embora tivesse sentido "que tinha sido um bom remate", Paulo Vítor mostrou-se incrédulo quando a bola entrou na baliza contrária.

"Nunca me tinha acontecido marcar um golo num jogo e quando a bola entrou nem acreditei que tivesse sido eu. Estou muito feliz por, sobretudo, ter ajudado a equipa naquela situação, mas o meu objetivo será sempre defender e não marcar golos", sublinhou o guarda-redes.

Num gesto de fair-play, Paulo Vítor deixou ainda algumas palavras ao seu 'homólogo' do Penafiel José Costa. "Deve ser sempre complicado sofrer um golo destes, mas ele é um bom guarda-redes e espero que possa ter uma época maravilhosa", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Varzim

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.