Irobiso salvou a despromoção

Avançado nigeriano é o melhor marcador dos varzinistas e apenas falhou dois jogos da 2.ª Liga

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Sem dúvida que o herói do jogo em que o Varzim bateu a Oliveirense por 1-0 que evitou a despromoção foi o avançado nigeriano Irobiso. Saiu do banco aos 66’ e pouco tempo depois (75’) apontou o decisivo golo a criar motivos de grandes festejos por parte dos varzinistas, em dose mais elevada às portas do Estádio do Varzim, onde se aglomeraram centenas de adeptos poveiros que tanto sofreram com a incerteza da despromoção a complicarem as aspirações clubistas.

Irobiso justificou assim o estatuto de melhor marcador da equipa, com 7 golos apontados na 2.ª Liga ‘reforçados’ com um na Taça de Portugal. O jogador nascido em Lagos (Nigéria) completa 28 anos a 28 de maio e teve uma prenda dada por si mesmo.

Nas 34 jornadas da 2.ª Liga só teve duas faltas, embora com 10 jogos a tempo inteiro, pois ou era substituído ou entrava no rol das substituições. Foi neste caso o que aconteceu na derradeira jornada. E quanto à marcação de golos, só se estreou na 14.ª jornada, decidindo o empate caseiro com o Vilafranquense (1-1). Por norma os 7 golos apontados (só um de penálti), tornaram-se decisivos para a conquista de pontos pelo Varzim, nos últimos dois a sair do banco para resolver a questão favorável aos Lobos do Mar, como aconteceu na 31.ª jornada com a vitória fora frente ao Vilafranquense (1-3) e agora no jogo da festa da manutenção.

Okechukwu Christian Irobiso, de seu nome completo, cresceu para o futebol no Paços de Ferreira (ainda júnior), passando depois pelo Nacional da Madeira, Senica (Eslovénia), Jihlava (República Checa) e Farense, onde esteve três épocas antes de ser contratado pelo Varzim.

Por Luís Leal
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Varzim

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.