Filipe Moreira: «Estamos em dívida para connosco e as dívidas pagam-se em campo»

Treinador aborda o "choque" decorrido da derrota com o Casa Pia

• Foto: Ricardo Nascimento

Filipe Moreira anteviu a viagem do Vilafranquense ao reduto do Ac. Viseu onde quer que os ribatejanos voltem a pontuar, depois de um jogo em Pina Manique que "ainda dói" em Vila Franca de Xira.

Antevisão de Filipe Moreira na íntegra:

Elogios ao adversário e cidade

"Esta viagem ao Fontelo vai ser muito especial para mim. Permitam-me dizer isto com muito orgulho. Fui muito bem tratado em Viseu, uma cidade que adoro, onde tive a possibilidade de encontrar a minha mulher. Há muita coisa que me liga aquela cidade também por isso. A subida de divisão foi algo que ficou marcado para mim e para o próprio clube, há muitos anos queriam que isso tivesse acontecido. Felizmente, naquela altura, conseguimos todos juntos a subida. Há grandes recordações, especiais e que ficam para sempre no meu coração. O Ac. Viseu é um clube que está no meu coração."

Jogo com o Ac. Viseu

"Este jogo acontece depois de no anterior termos sofrido um choque muito grande. Ainda dói, ainda está presente no subconsciente de todas as pessoas que viram o jogo, no estádio ou na televisão, também nos nossos jogadores e na nossa estrutura. Foi um soco forte. Fizemos um jogo até aos 60 minutos de qualidade, taticamente e com qualidade de decisão dos jogadores. A equipa teve qualidade em termos gerais, adaptou-se bem ao campo e compreendeu o sistema tático. De repente, as coisas alteraram-se num simples lance e não conseguimos ser iguais a nós próprios naquele período. Estamos em dívida para connosco próprios e as dívidas pagam-se dentro do campo. Vamos jogar num campo complicado e, se estiver a chover, o campo ficará mais pesado. A última imagem que vimos do jogo com o Farense o campo estava um pouco assim. Vamos defrontar uma equipa bem orientada, com muitos jogadores que são do meu conhecimento, alguns deles até tive o prazer de estar com eles. Uns deram-me a subida e outros estive com eles e sempre foram bons profissionais. Sei que vamos encontrar uma equipa de qualidade. O Ac. Viseu também está ferido no seu orgulho porque perdeu os dois últimos jogos. Os confrontos são sempre difíceis para as equipas neste momento, seja uma equipa bem classificada ou não. A competição é forte. Por isso, é mais um jogo em que temos de procurar voltar a entrar nos pontos como tínhamos conseguido nos dois jogos anteriores – a vitória ante a Oliveirense e o empate com o FC Porto B. Voltámos a perder e não queremos ter esse hábito porque quando assim é fica mais difícil para toda a gente."

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Vilafranquense

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.