Sem "saltos altos", Filipe Moreira atesta excelente exibição e tira "50 chapéus" à filosofia do Benfica

Reação do técnico do Vilafranquense à goleada por 4-0

• Foto: Pedro Ferreira

Filipe Moreira comentou a vitória da equipa do Vilafranquense diante do Benfica B reafirmando a "grande exibição" dos ribatejanos, mas acabou por deixar elogios a quem faz da formação uma aposta continuada com resultados que têm "caído das árvores".

Elogios à filosofia do Benfica


"Primeiro queria cumprimentar a política desportiva do Benfica. Bem haja por pensar no futebol como o Benfica pensa. O futebol português precisa deste tipo de enquadramentos, torna-se muito mais simples e bonito e com uma qualidade tremenda. Esta aposta na formação em competição visando o alto rendimento e tirando com isso grandes rendimentos financeiros, ainda por cima com títulos, se eu tivesse 50 chapéus tirava-os a quem tem este tipo de postura."

Análise ao jogo

"Entrámos bem no jogo. O golo foi muito importante e foi um tónico para uma equipa que ainda está numa fase diferente de competição. Penso que a partir daí fizemos uma primeira parte de grande qualidade e fomos premiados com três golos, eventualmente poderíamos ter feito mais um. Aí dizem vocês: ‘Eficiência máxima!’. A qualidade posicional dos meus jogadores, a forma como a equipa em determinadas alturas conseguiu complicar o posicionamento do adversário… penso que foi determinante. Na 2ª parte, com o 4-0 o jogo ainda fica mais a nosso favor. Poderíamos ter feito mais um golo num outro lance. O resultado é muito bom e a exibição é muito boa. Tenho de cumprimentar este grupo de trabalho por estes 90 minutos de qualidade em termos gerais."

Diferente entre enfrentar uma equipa B e outra formação da 2ª Liga

"Vamos ver o jogo da semana passada. O Benfica B jogou com o Estoril, um candidato à subida. Os jogadores mostraram um enorme potencial. Foi um jogo muito competitivo e o resultado andou de um lado e de outro. A equipa soube reagir a um momento negativo porque esteve a perder 1-0. Isso mostra confiança e a qualidade da equipa. No jogo de hoje, sentimos que o Benfica B se calhar acusou aquela forte entrada do Vilafranquense e tiveram dificuldades em equilibrar-se. O potencial está lá. É neste momento que o jogador cresce, que vai perceber a diferença que nem sempre se consegue ter bola, arranjar espaço e chegar a zonas de finalização. Dito isto, não quero exagerar porque não me quero meter em saltos altos. Não tenho nada a ver com esses valores mas vejam quantas defesas fez o nosso guarda-redes e quantas vezes conseguimos fazer com que o Benfica B não tivesse oportunidades de golo. Falamos de retirar a possibilidade de uma equipa como o Benfica B, com jogadores de enorme potencial, não criar situações de golo durante quase todo o jogo. É revelador que nós estivemos muito bem mas não significa que do outro lado está uma equipa vulgar ou sem qualidade. Nada disso. São estes momentos que ajudam os jogadores no seu processo evolutivo e é preciso tempo. Por isso eu disse que esta política desportiva do Benfica valoriza mais o crescimento em relação à rentabilidade. O êxito deste processo não implica só o resultado desportivo neste escalão. Há outros valores. Não é fácil jogar contra equipas que, como hoje, conseguem partir o jogo."

Evolução com mistura da juventude e experiência

"Há aquela velha máxima do ‘treina como jogas e jogarás como treinas’. Se a competição tiver esta realidade, de jogar com níveis de dificuldade superiores, o jogador vai crescer perante as dificuldades. Nessa dificuldade, ele vai tornar-se diferente nos bons e nos maus momentos. Quem analisa o que é que tem de se fazer? Continuar. No banco dos suplentes ninguém erra. Os jogadores ao queimarem etapas irão colher frutos daí. Acreditem que a folha que tem caído das árvores não é uma e continua a cair. É só colher porque a qualidade está presente. Às vezes parece que são cópias! São muito similares. É um grande trabalho."

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Vilafranquense

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.