Académica-Arouca, 0-0 (2-4 pen.): Bracali garante presença na segunda ronda

Guardião arouquense defendeu dois penáltis

• Foto: Hugo Monteiro

O Arouca garantiu este domingo a presença na segunda eliminatória da Taça CTT, ao vencer nas grandes penalidades a Académica por 4-2, após o empate sem golos registado no tempo regulamentar.

O guarda-redes do Arouca, Rafael Bracali, acabou por ser o homem do jogo disputado no Estádio Cidade de Coimbra ao defender duas grandes penalidades.

As melhores oportunidades da primeira parte pertenceram à Académica, que sem dominar o adversário mostrou bom entrosamento e uma linha de jogo bem definida.

A primeira grande ocasião de golo ocorreu aos 16 minutos, no seguimento de um remate de fora de área de Guima, que Rafael Bracali defendeu com dificuldade, com Ki a surgir isolado e a rematar de cabeça para nova defesa do guarda-redes do Arouca.

À meia hora de jogo, o capitão Marinho, muito interventivo nos primeiros 45 minutos, remata cruzado de fora de área, com Rafael Bracali a esticar-se e a desviar a bola para canto.

A Briosa ainda marcou aos 37 minutos pelo avançado Tozé Marreco, mas o árbitro André Narciso anulou o golo por alegado fora de jogo.

Em cima do intervalo, Marinho voltou a ter nos pés a hipótese de abrir o marcador, mas deixou-se antecipar quando seguia isolado para a baliza, após uma excelente jogada de contra-ataque iniciada por Ki e que passou por Zé Tiago.

No segundo tempo, as melhores oportunidades pertenceram à equipa arouquense, que surgiu mais agressiva na frente de ataque.

Aos 63 minutos, Adílio isolado recebe a bola dentro da área e à saída do guarda-redes Ricardo Ribeiro atirou rasteiro ao lado.

Dez minutos depois, Kuca isolado atira forte, mas a bola sai por cima, a rasar o travessão.

A melhor situação da Académica ocorreu aos 86 minutos, depois de uma jogada individual de Luisinho na direita, mas Djoussé na pequena área não conseguiu atirar para golo.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Arouca, 0-0 (2-4 após marcação de grandes penalidades).

Grandes penalidades:

0-1, Palocevic.

1-1, Djoussé.

1-2, Jubal.

1-2, Mike (Rafael Bracali defendeu).

1-3, Nuno Coelho.

1-3, Empis (Rafael Bracali defendeu).

1-3, Nuno Valente (atirou à trave).

2-3, Pedro Lagoa.

2-4, Kuca.

Equipas:

- Académica: Ricardo Ribeiro, Mike, João Real, Yuri, Empis, Guima, Pedro Lagoa, Zé Tiago (Luisinho, 82), Ki (David Teles, 60), Marinho e Tozé Marreco (Djoussé, 69).

(Suplentes: Guilherme, João Simões, David Teles, Djoussé, Brendon, Diogo Ribeiro e Luisinho).

Treinador: Ivo Vieira.

- Arouca: Rafael Bracali, João Amorim, Jubal, Deyvison, Vítor Costa, Nuno Coelho, Palocevic, André Santos (Nuno Valente, 82), Adílio (Sancidino, 69), Kuca e Cícero (Bruno Lopes, 87).

(Suplentes: Igor Rocha, Benny, Nuno Valente, Bertaccini, Bruno Alves, Sancidino e Bruno Lopes).

Treinador: Jorge Costa.

Árbitro: André Narciso (AF Setúbal).

Ação disciplinar: Nada a assinalar.

Assistência: 1.200 espetadores.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Allianz Cup

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.