Carlos Pinto: «Fui expulso porque disse "vai para o c******"»

Técnico ficou desagradado por ter recebido ordem de expulsão de Artur Soares Dias

• Foto: José Gageiro / Movephoto

Carlos Pinto foi expulso já perto do final do Leixões-Marítimo, depois de ter sido levantada a placa com o tempo de compensação. O técnico ficou desagradado com os cinco minutos concedidos por Artur Soares Dias e demonstrou esse mesmo descontentamento ao 4.º árbitro, que não gostou das palavras proferidas e chamou o juiz principal, o qual acabou por dar ordem de expulsão ao treinador do Leixões.

Em conferência de imprensa, Carlos Pinto revelou o que disse e explicou que não concorda que as suas palavras tenham sido suficientes para a punição de que foi alvo.

"Eu vivo muito o jogo e vou sempre fazê-lo. Fui expulso porque usei uma expressão que não é uma ofensa. "Cinco minutos? Vai mas é para o c******", foi isto que eu disse. Não acho que devesse ter sido expulso", apontou.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Allianz Cup

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.