Caso Bruno Fernandes: queixa do Portimonense contra o Sporting arquivada

Conselho de Disciplina confirma que médio é formado localmente

• Foto: Filipe Farinha

A queixa apresentada pelo Portimonense contra o Sporting, por alegadamente não ter cumprido os regulamentos da Taça da Liga ao não apresentar de início dois jogadores formados localmente, foi arquivada.

A decisão do Conselho de Disciplina (CD) confirma assim que os leões vão mesmo disputar a final four da Taça da Liga, depois do triunfo por 4-2 sobre os algarvios.

Na altura, o Portimonense apresentou uma participação contra o Sporting, dizendo que Bruno Fernandes não era formado localmente, o que contrariava inclusivamente o que está na inscrição do jogador na Liga. Se tal fosse verdade, então os leões teriam apenas apresentado o guarda-redes Max como jogador formado localmente.

A Liga considera que um jogador é formado localmente se tiver sido registado na FPF "pelo período correspondente a três épocas desportivas completas ou 36 meses, entre os 15 e os
21 anos de idade".

A queixa dos algarvios foi apresentada no dia 27 de dezembro, 6 dias depois da partida, e nesse mesmo dia foi aberto o processo disciplinar e enviado à Comissão de Instrutores (CI) da Liga. A CI enviou a proposta de arquivamento a 6 de janeiro e esta terça-feira, dia 14, é conhecida a decisão final.

4
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Allianz Cup

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.