Couceiro queixa-se do "critério disciplinar" do árbitro

Técnico do V. Setúbal considera resultado frente ao Sp. Braga "exagerado"

• Foto: Ricardo Nascimento

A derrota na meia-final da Taça CTT, por 3-0, frente ao Sp. Braga, deixou o treinador do Vitória de Setúbal, José Couceiro, naturalmente insatisfeito. E se o técnico considerou o "resultado exagerado", também não deixou de queixar-se do trabalho da equipa de arbitragem chefiada por Carlos Xistra.

"Foi um jogo muito ingrato para nós. O Vitória quis ganhar o jogo e jogou um futebol positivo. O Braga jogou basicamente no nosso erro e depois há lances que condicionam o jogo. Há um critério disciplinar que eu não entendo. Penso que o resultado é exagerado. Cometemos um erro mas também fomos penalizados. Cria-se uma grande pressão sobre as equipas para terem fair play e depois no primeiro lance para amarelo, o árbitro não dá. Assim, não posso pedir aos meus jogadores para terem paciência", adiantou o técnico em declarações à RTP3.

De qualquer forma, José Couceiro preferiu agora apontar baterias ao campeonato. "O nosso desafio são os jogos do campeonato e queremos chegar à manutenção que é o nosso objetivo. Estar aqui foi um prémio para os nossos jogadores que são fantásticos. Queríamos chegar à final por tudo mas, fundamentalmente, pelos nossos adeptos. Queria agradecer este apoio à equipa e que continuem a apoiar", concluiu.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Allianz Cup

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0