Responsáveis apelam para deslocação atempada ao Estádio Municipal de Braga

Helena Pires deu alerta já para os jogos das meias-finais marcados para terça e quarta-feira

A diretora executiva da Liga de clubes, Helena Pires, alertou este domingo para a dificuldade da entrada em Braga, apelando para uma deslocação atempada dos adeptos para os jogos da Final Four da Allianz Cup.
"Sabemos que a entrada em Braga não é fácil, os jogos vão ser a dias da semana e há condicionamentos de trânsito, pelo que todos os cuidados devem ser acautelados. Deixo o apelo para que os adeptos cheguem ao estádio com tempo", afirmou a responsável na conferência de imprensa de apresentação do esquema de segurança e acessibilidades para o Benfica-FC Porto e para o Sporting de Braga-Sporting, de 22 e 23 de janeiro, respetivamente.
Os adeptos do Benfica vão ficar instalados na bancada poente do Estádio Municipal de Braga e, desde a saída da autoestrada, devem seguir a indicação Braga - Centro.
Os adeptos do FC Porto ficarão na bancada nascente e devem seguir a direção Braga - Sul.
Na segunda meia-final, o esquema é idêntico: os adeptos do Sporting de Braga têm lugar na bancada poente e os do Sporting na nascente e devem seguir os mesmos trajetos. 
O subintendente Pedro Colaço, chefe da área operacional da PSP de Braga, exemplificou que os adeptos do FC Porto e do Sporting devem trilhar exatamente o mesmo percurso de quando vêm jogar com o Sporting de Braga.
A Liga criou dois pontos de encontro para os adeptos conviverem em segurança e que abrem às 15:30. 
Para os adeptos do FC Porto e Sporting será no Parque 2 (P2), junto às bilheteiras do estádio, para os do Benfica e Sporting de Braga no P4.
Sendo "o grande objetivo da PSP impedir que os adeptos se juntem", foram definidos "percursos completamente diferentes de acesso ao estádio", explicou Pedro Colaço.
O responsável frisou que os parques vão acolher apenas autocarros que transportem quer as claques dos clubes como também grupos de adeptos que se organizem dessa forma. "Viaturas particulares terão que estacionar nas ruas adjacentes, havendo uma zona maior, em S. Frutuoso, para o efeito.
Notando serem "três jogos de risco elevado", Pedro Colaço revelou que a "PSP terá no terreno várias valências: equipas de trânsito, polícias de investigação criminal, de intervenção rápida" e que "o comando será reforçado com unidades especiais de polícias de intervenção e grupo operacional cinotécnico".
O responsável não quis quantificar o número de efetivos destacado para a operação.
"O número afeto é o que a PSP, por norma, destaca para jogos desta envergadura. Como é óbvio, não vai faltar polícia em local nenhum para estar aqui em Braga. A PSP fez um planeamento muito rigoroso para este evento", disse, frisando ainda que "o histórico do ano passado foi muito satisfatório".
O centro da cidade, onde está instalada a 'fan zone', será "constantemente monitorizado" e a PSP estará pronta para trazer adeptos dessa zona para o estádio.
As portas do estádio abrem às 17:15 e os 'meeting points' dos adeptos às 15:30 nas meias-finais e às 14:30 na final.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Allianz Cup

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.