Augusto Inácio defende que milhões da Champions fazem disparar críticas dos grandes

Treinador do Aves e as polémicas no futebol português

• Foto: José Reis / Movephoto 

O treinador do Desportivo das Aves, Augusto Inácio, disse este sábado que a "turbulência" envolvendo as arbitragens é um assunto dos 'grandes' clubes, lembrando que "a indignação dos pequenos não tem eco" num futebol português cada vez menos competitivo.

"Quando há estas turbulências, o normal é serem com os 'grandes' e com um quem está a aproximar-se dos 'grandes'. A força da indignação dos 'pequenos' não tem eco. A nossa voz é o que é, mas aquilo que queremos é a verdade, que ganhe o melhor. E só peço que o erro, que irá sempre acontecer, não tenha influência no resultado", disse Augusto Inácio.

As recentes polémicas em torno da arbitragem dominaram a conferência de imprensa de antevisão do jogo em Tondela, da 19.ª jornada do campeonato, e o técnico avense não se furtou ao tema, considerando que "todo este burburinho" resulta do que chamou de "guerra da 'pasta', da nota".

"O grande problema no futebol português é que o nosso ranking vai baixando. Quando antes tínhamos duas equipas com entrada direta na Champions e uma terceira ia ao 'playoff', agora temos uma com entrada direta e uma segunda no 'playoff', e não tarda o primeiro classificado terá de passar também pelo 'playoff'. Estamos a falar de muitos milhões em jogo. Esta é muito a guerra da 'pasta', da nota", sublinhou

O experiente técnico não deixou passar a oportunidade para denunciar "o fosso financeiro cada vez maior" envolvendo os clubes lusos, pedindo uma mais justa distribuição das verbas, sobretudo televisivas, para que a qualidade aumente e acompanhe a tão desejada competitividade, que, em sua opinião, vai funcionando como "apenas um discurso da boca para fora".

"Se o dinheiro fosse mais bem distribuído, as equipas tinham mais capacidade e teríamos, se calhar, um campeonato muito mais competitivo. Mesmo assim, os treinadores portugueses são muito bons, todos eles, pois fazem muito com pouco", defendeu.

Sobre o jogo em Tondela, Inácio disse querer dar continuidade ao positivo arranque do Aves na segunda volta do campeonato e antecipou "um jogo entretido".

"Já disse que temos de fazer uma excelente segunda volta para ficarmos na Liga. Começámos bem, queremos dar continuidade e vai ser um jogo entretido, mas, da nossa parte, não para a beleza do espetáculo, mas para a beleza dos pontos, que é o que queremos. E é com esse espírito que vamos a Tondela", referiu.

Apesar da valia do adversário, "uma equipa muito boa, que joga um bom futebol e está confiante", Inácio disse esperar que o Aves seja capaz de "ultrapassar todas as dificuldades" no jogo de segunda-feira e, "com mais pragmatismo e menos preocupação com a estética do jogo", consiga conquistar os três pontos.

O Aves, no 16.º lugar, com 15 pontos, vai visitar o Tondela, 12.º classificado, com 19, em jogo marcado para as 19:00 de segunda-feira.

Por Lusa
2
Deixe o seu comentário
  • CD Tondela
    -
    Aves
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 2.15
    3
    3.05
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Aves

Notícias

Notícias Mais Vistas